domingo, 14 de Setembro de 2014

Animação: Phineas and Ferb - Star Wars



Já está em exibição desde Sábado no canal Disney esta nova aventura de Phineas & Ferb!
Enquanto uns foram para a fila dos bilhetes para a Violetta, eu e a minha filhota estivemos a ver esta nova aventura de Phineas & Ferb no universo Star Wars! Acho que ficamos a ganhar...
:D

É divertido como de costume, e um óptimo filme para verem com os vossos filhos. Fiquem com alguns trailers!







Boas leituras

sábado, 13 de Setembro de 2014

TOP 10 de vendas nos EUA em Agosto 2014


O maior distribuidor de comics, a Diamond, costuma divulgar mensalmente o TOP 100 dos mais vendidos (relativamente ao mercado Norte-Americano) e em Agosto o panorama era este:

TOP 10 COMIC BOOKS
Based on Total Unit Sales of Products Invoiced in August 2014

QTY
RANK
DOLLAR
RANK
INDEX ITEM CODE DESCRIPTION PRICE VENDOR
1 2 100.00 JUN140215-M BATMAN #34 $3.99 DC
2 4 90.61 JUN140613-M AMAZING SPIDER-MAN #5 $3.99 MAR
3 5 81.37 JUN140605-M ORIGINAL SIN #7 $3.99 MAR
4 1 80.72 JUN140145-M MULTIVERSITY #1 $4.99 DC
5 3 78.09 JUN140643-M SUPERIOR SPIDER-MAN #32 $4.99 MAR
6 14 64.08 JUN140586 WALKING DEAD #130 (MR) $2.99 IMA
7 16 63.75 JUN140228-M HARLEY QUINN #9 $2.99 DC
8 7 59.22 JUN140645-M AMAZING SPIDER-MAN #1.4 $3.99 MAR
9 8 54.07 JUN140622-M GUARDIANS OF GALAXY #18 $3.99 MAR
10 28 52.59 JUN140207 BATMAN ETERNAL #18 $2.99 DC



TOP 10 GRAPHIC NOVELS
Based on Total Unit Sales of Products Invoiced in August 2014

QTY
RANK
DOLLAR
RANK
INDEX ITEM CODE DESCRIPTION PRICE VENDOR
1 1 8.64 APR140765 THANOS INFINITY REVELATION OGN HC $24.99 MAR
2 2 7.46 MAY140403 FABLES TP VOL 20 CAMELOT (MR) $19.99 DC
3 3 5.02 MAY140932 DEADPOOL VS CARNAGE TP $16.99 MAR
4 8 4.09 MAY140407 TRILLIUM TP (MR) $16.99 DC
5 11 4.07 MAY140376 BATMAN EARTH ONE TP $12.99 DC
6 7 3.60 JAN140800 GUARDIANS OF GALAXY TP VOL 01 COSMIC AVENGERS $19.99 MAR
7 15 3.47 JAN140556 SAGA TP VOL 03 (MR) $14.99 IMA
8 18 3.46 JUL080172 WATCHMEN HC $39.99 DC
9 50 3.04 AUG120491 SAGA TP VOL 01 (MR) $9.99 IMA
10 27 2.85 APR130443 SAGA TP VOL 02 (MR) $14.99 IMA




TOP 10 MANGA
Based on Total Unit Sales of Products Invoiced in August 2014
QTY
RANK
DOLLAR
RANK
INDEX ITEM CODE DESCRIPTION PRICE VENDOR
1 1 2.42 JUN141304 ATTACK ON TITAN GN VOL 13 $10.99 RAN
2 2 1.86 JUN141303 ATTACK ON TITAN BEFORE THE FALL GN VOL 02 $10.99 RAN
3 5 1.46 APR141459 BLEACH GN VOL 61 $9.99 VIZ
4 3 1.13 MAR140008 HATSUNE MIKU UNOFFICIAL HATSUNE MIX TP $19.99 DAR
5 7 1.00 APR140088 OH MY GODDESS RTL TP VOL 46 $12.99 DAR
6 14 0.86 JUN141546 ROSARIO VAMPIRE SEASON II GN VOL 13 $9.99 VIZ
7 4 0.81 APR140089 SAMURAI EXECUTIONER OMNIBUS TP VOL 02 (MR) $19.99 DAR
8 23 0.73 JUN141561 DEADMAN WONDERLAND GN VOL 04 $9.99 VIZ
9 26 0.71 JUN141530 FOOD WARS SHOKUGEKI NO SOMA GN VOL 01 (MR) $9.99 VIZ
10 6 0.67 JUN141547 SHONEN JUMP PACK 2014 #3 $19.99 VIZ

Começando pelo Manga, pode-se dizer que a Viz domina em quantidade de títulos no TOP, mas apenas consegue colocar um nos cinco primeiros. A Kodansha domina os dois primeiros lugares com a série hit do momento: Attack on Titan!

Nos Comics a Marvel possui metade dos lugares, mas o primeiro é da DC com o Batman #34. A Image só consegue colocar um título nos 10 primeiros: Walking Dead.

Nas compilações a Marvel consegue consegue o primeiro lugar, mas em número de títulos é ultrapassada pela DC, e a Image consegue tantos títulos quanto a própria Marvel!

Comentários?
(Como é lógico só coloquei os 10 primeiros de cada TOP 100...)
:)

Boas leituras

sexta-feira, 12 de Setembro de 2014

Piteco: As Sombras da Vida



Esta é uma das grandes histórias que eu li há muitos anos, saída da mente de Maurício de Sousa!
Saiu originalmente na revista Mônica #129 de Janeiro de 1981, pela editora Abril.

É uma história baseada na "Alegoria da Caverna" de Platão, e em que Maurício de Sousa faz uma adaptação cortante relativamente aos dias de hoje.

As páginas contêm humor inteligente, e a cadência entre elas é extraordinária. Contar este mito em cinco páginas não é para qualquer um.
E  aquela passagem temporal do Piteco pré-histórico para os dias de hoje mudando o estilo de roupa ao longo dos séculos é muito bem apanhada.
Adorei isto!

Obrigado ao Sidney Gusman pela autorização de publicação integral de "As Sombras da Vida" e pelas informações preciosas que deu relativamente à datação da história, e do título onde foi publicada originalmente.
:)

No final publicarei uma cópia de um texto que tem o resumo da "Alegoria da Caverna", que faz parte de um livro de Platão chamado "A República". O link ao texto indicará o local de onde foi retirado.























































O Mito da Caverna, também conhecido como “Alegoria da Caverna” é uma passagem do livro “A República” do filósofo grego Platão. É mais uma alegoria do que propriamente um mito. É considerada uma das mais importantes alegorias da história da Filosofia. Através desta metáfora é possível conhecer uma importante teoria platónica: como, através do conhecimento, é possível captar a existência do mundo sensível (conhecido através dos sentidos) e do mundo inteligível (conhecido somente através da razão).



O mito fala sobre prisioneiros (desde o nascimento) que vivem presos em correntes numa caverna e que passam todo tempo olhando para a parede do fundo que é iluminada pela luz gerada por uma fogueira. Nesta parede são projectadas sombras de estátuas representando pessoas, animais, plantas e objectos, mostrando cenas e situações do dia-a-dia. Os prisioneiros ficam dando nomes às imagens (sombras), analisando e julgando as situações.

Vamos imaginar que um dos prisioneiros fosse forçado a sair das correntes para poder explorar o interior da caverna e o mundo externo. Entraria em contacto com a realidade e perceberia que passou a vida toda analisando e julgando apenas imagens projectadas por estátuas. Ao sair da caverna e entrar em contacto com o mundo real ficaria encantado com os seres de verdade, com a natureza, com os animais e etc. Voltaria para a caverna para passar todo conhecimento adquirido fora da caverna para seus colegas ainda presos. Porém, seria ridicularizado ao contar tudo o que viu e sentiu, pois seus colegas só conseguem acreditar na realidade que enxergam na parede iluminada da caverna. Os prisioneiros vão o chamar de louco, ameaçando-o de morte caso não pare de falar daquelas ideias consideradas absurdas.



Os seres humanos tem uma visão distorcida da realidade. No mito, os prisioneiros somos nós que enxergamos e acreditamos apenas em imagens criadas pela cultura, conceitos e informações que recebemos durante a vida. A caverna simboliza o mundo, pois nos apresenta imagens que não representam a realidade. Só é possível conhecer a realidade, quando nos libertamos destas influências culturais e sociais, ou seja, quando saímos da caverna.

Boas leituras

quinta-feira, 11 de Setembro de 2014

Capitão América: Perdido na Dimensão Z Vol.1


Bom, como tinha dito uns posts atrás o LBD iria começar a fazer críticas negativas.
E nada como começar com um livro publicado há pouco tempo em português pela Panini: Capitão América – Perdido na Dimensão Z Vol.1

Este arco do Capitão começou a ser publicado em 2013 e os seus autores são Rick Remender no argumento e John Romita Jr nos desenhos. Eu não morro de amores pelo Romita Jr, enquanto que Remender já me tinha agradado por diversas vezes.

Ora neste livro está tudo ao contrário para o meu gosto… Para mim o Romita Jr é quem faz o melhor trabalho, enquanto que Remender é por e simplesmente abaixo de banal, pífio, enfim… bastante mau.

O que dizer de uma história que praticamente começa com um Caveira Verde (um caveira hippie? lol) que quer destruir a Terra (a sério?) com uma nhanha verde que iria provocar uma Gaia vibrante e renovada? O problema com o Caveira Verde lá é resolvido, e depois de umas páginas o Steve Rogers apanha o metropolitano e (WTF?) vai cair na Dimensão Z. Espantoso… como, porquê, qual o objectivo… perguntas perguntas…

Acorda num laboratório, onde preside o petulante Arnim Zola! (lol)
Zola (Z… percebem?) é um vilão de fazer inveja a qualquer um da Golden Age, estão a ver o vilão das Tartarugas Ninja, o chefe do Shredder? Penso que se chamava Krang e tinha uma televisão na barriga com o cérebro dele? Pois assim é este vilão… a cabeça dele está numa espécie de aquário na barriga!

Bom, o Cap. foge (claro) e adopta um rapazinho como filho. Os anos passam, o filho cresce, nada nos torna empáticos com a situação, andam sempre a fugir de criaturas, de homens do Zola, sem nexo, sem direcção, são todos feios (excepto a filha do Zola), monstros que atacam sem razão… porra. História = zero

Entretanto descobri que este arco na Dimensão X, uppsss…. Desculpem, Dimensão X era o Krang das TMNT… Dimensão Z (para Zola) vai dar origem a outro mais recente e que fez toda gente a vociferar! Eu não vou spoilar, por isso descubram vocês.
:D

Gostei bastante do trabalho do desenhador. O Romita Jr faz um desenho que já é muito mais do meu agrado e é garantidamente o melhor do livro!
(Isto embora continue por vezes a desenhar as personagens em posições aberrantemente escabrosas... lol)

E já agora faltou-me falar de mais uma cena louca desta Dimensão Z. O Steve Rogers quando entra no Metro está à civil, e vai parar à dita Dimensão. Como é que o raio do Capitão América aparece fardado naquele local?? Bolas…
:\

10 EUR por esta porcaria de TPB, os capa dura da Levoir são mais baratos e têm histórias melhores! Aiii… que dinheirinho tão mal gasto….
Alguém quer comprar?

TPB
Criado por: Rick Remender e John Romita Jr
Editado pela Panini em 2014
Nota: 3 em 10

Lançamento Levoir: Universo Marvel - Vingadores para Sempre Vol.1


Avengers Forever foi uma mini-série de 12 números publicada entre Dezembro 1998 e Novembro 1999 nos EUA, pela Marvel (claro).
Inaugurou um novo ciclo nas histórias deste grupo, depois do super-confuso Heroes Reborn de Jim Lee e Rob Liefeld. Podem clicar no link para verem os magníficos desenhos, e a minha opinião, sobre esses Heróis Renascem...

Vingadores para Sempre é um plot cósmico desenhado para ser épico, piscando o olho às velhas histórias dos Vingadores, mas também entrelaçando-a com a continuidade do universo Marvel da altura. Se isto foi conseguido? Bem, veremos, para já quero ler estes dois volumes que a Levoir nos apresenta. Por falar nisto... dois volumes? A run Avengers Forever tem 328 páginas, portanto para encher estes dois volumes da colecção espero que tenham colocado bastantes extras.


A partir de hoje nas bancas e quiosques com o jornal Público e em capa dura, podem apreciar o trabalho de Kurt Busiek e Roger Stern na escrita, com Carlos Pacheco e Jesus Merino na vertente gráfica.
Fiquem com a nota de imprensa e algumas páginas deste Vingadores para Sempre Vol.1:

VINGADORES: PARA SEMPRE VOL.1

Os Vingadores sempre foram o grupo que enfrentou as mais tremendas ameaças, aquelas que nenhum super-herói poderia enfrentar sozinho, e sempre triunfaram, qualquer que fosse o custo, quaisquer que fossem as hipóteses. Mas agora, os Mais Poderosos Heróis do Mundo foram confrontados com o mais terrível dos inimigos: o futuro! Numa corrida contra o próprio tempo, os Vingadores terão de salvar o seu aliado Rick Jones de ser destruído por Immortus, o Senhor do Tempo.























 


Esta foi uma das maiores sagas de sempre dos Vingadores, escrita pelo veterano Kurt Busiek, e desenhada por Carlos Pacheco, que se começava a afirmar na altura como um dos mais talentosos artistas dos comics.


























Boas leituras

quarta-feira, 10 de Setembro de 2014

A Palavra dos Outros: Arrow - 1ª e 2ª Temporadas (Série TV)


A rubrica "A Palavra dos Outros" continua viva, e temos a primeira colaboração de Manuel Jesus!
É também a primeira entrada a sério de produtos televisivos no LBD, o que não deixa de ser interessante!

Vejam vocês o que o Manuel Jesus tem para dizer sobre a série Arrow cuja popularidade não pára de aumentar. Para mim a melhor série TV de sempre com foco num super-herói!


Arrow

O Arrow vai recomeçar no dia 8 de Outubro.
Nas vésperas de se iniciar a transmissão da 3ª temporada, acabei de ver em modo maratona as duas primeiras temporadas da série e na opinião de alguém que não perde tempo a assistir à parte das cenas dos próximos capítulos e tem já pouca paciência para esperar pelas emoções da semana que vem, esta é a forma ideal para se ver uma série tão empolgante como Arrow.

É sem dúvidas das melhores se não talvez a melhor série que já se fez sobre um personagem ou personagens dos universos DC/Marvel. O argumento não se deixa prender à mitologia tradicional do herói Oliver Queen ou o Arqueiro Verde e mistura elementos do personagem num cenário de realidade adaptada aos dias de hoje com ingredientes de ficção científica, intriga política, corporativismo económico e ameaças terroristas e tudo isto muito bem temperado com o dissecar de relações complexas que se vão desenvolvendo entre os vários personagens.



A história balanceia-se entre os acontecimentos em tempo real e um passado misterioso ocorrido num período de 5 anos que coincide com o tempo em que Oliver Queen ou o Arrow esteve desaparecido e dado como morto. Cada temporada desenvolve assim um ano no presente e um ano no passado dando a entender que esta será, assim não seja prematuramente cancelada, uma série com a duração de 5 anos onde os argumentistas querem contar uma história com princípio, meio e fim.

Nas duas primeiras temporadas podemos assistir a episódios fechados em si mesmo e a arcos de histórias ao mesmo tempo que se vão desenrolando as tramas da acção principal da temporada quer no presente quer no passado. O tempo que vai passando ao longo dos episódios na temporada é muito bem marcado pelos argumentistas com o cuidado por exemplo de referir festividades como o Natal ou de referenciar acontecimentos ocorridos em episódios anteriores com a sua devida etiqueta temporal.

Não é necessário conhecer o universo DC para se gostar de Arrow, aliás penso que os argumentistas fizeram questão em escrever histórias capazes de ser sobretudo apreciadas por leigos ou por neófitos nestas andanças dos super heróis mas não se privam ainda assim, de rechear os episódios com ovos de Páscoa e piscadelas de olho aos gourmets e coca-bichinhos dos Comics e mesmo aos Geeks em geral indo ao ponto de aproveitar a presença da actriz Summer Glau no elenco para recriar uma cena famosa de Serenity e relembrar que há coisas que envelhecem bem como um bom vinho do Porto.


Não deixa de ser notável que os produtores tenham apostado num personagem completamente afastado do mainstream do universo DC e aparentemente terem conseguido construir com ele uma plataforma de lançamento para outras séries com outros personagens bem maiores e populares, alguns confirmados, como o Flash que é introduzido como um personagem secundário num par de episódios do Arrow e agora com direito a uma série autónoma com o episódio de estreia anunciado para o próximo dia 7 de Outubro, ainda antes de Arrow e já com crossovers planeados entre as duas séries. Outros aparentemente se estão a perfilar e coscuvilha-se nos bastidores na possibilidade de uma série do Suicide Squad que também apareceram num par de episódios e de Ted Kord o Escaravelho Azul que tantas vezes foi referenciado nas duas primeiras temporadas e que dizem as más-línguas terá um papel de pleno direito na terceira.


Arrow está longe de ser uma história para o público juvenil, aliás a classificação para maiores de 15 dos DVD’s da primeira temporada é generosa. Há violência explicita e sexo implícito quanto baste e na segunda temporada até escapam um ou dois palavrões que lhe devem fazer valer a classificação para maiores de 18, isso ou um certo beijo tórrido dado pela herdeira do demónio e mais não posso dizer para não me chamarem de spoiler



Nem tudo é perfeito na história, nalguns momentos dá ideia de que os argumentistas vão puxando por um fio sem saberem muito bem ainda onde é que aquilo vai dar e depois lá dão a volta à coisa e a coisa acaba por se compor sem se dar muita conta da trapalhada. Por outro lado não é um exagero dizer que o verdadeiro poder de Oliver Queen em Arrow não é ser um Arqueiro vestido de verde que dá porrada na malta que se porta mal mas sim a capacidade de conseguir dormir com todos os personagens femininos da série, um poder que é tão usado que às tantas se torna ridículo. Depois há ainda o desperdício na utilização de alguns personagens com imenso potencial como Shado, Moira Queen ou Roy Harper e este último até dá dó de tão mal tratado que tem sido, vamos ver o que o espera nesta nova temporada.

Curioso é também perceber que os argumentistas tiveram o cuidado de no final da segunda temporada deixarem todos os personagens em situações e espaço para poderem justificar o seu desaparecimento da série sem beliscar a história. Afinal isto de renegociar contractos com os actores também tem a sua arte…

Resta-me agora a dúvida se vou começar a ver a terceira temporada de Arrow já em Outubro ou se vou esperar pelo final para mais uma maratona. Estou muito inclinado pela segunda que a idade não perdoa e o coração tem de ser poupado para emoções menos ficcionadas.


Texto de Manuel Jesus



Já agora vou só colocar alguns pormenores sobre a série para completar informação técnica sobre Arrow:

  • Stephen Amell - Oliver Queen
  • Katie Cassidy - Laurel Lance (novo Black Canary?)
  • Caity Lotz - Sara Lance (Black Canary)
  • David Ramsey - John Diggle
  • Willa Holland - Thea Queen
  • Susanna Thompson - Moira Queen
  • Paul Blackthorne - Detective Quentin Lance
  • Emily Bett Rickards - Felicity Smoak
  • Manu Bennett - Slade Wilson (Deathstroke)
  • Colton Haynes - Roy Harper
  • John Barrowman - Malcolm Merlyn

Claro que isto não foi uma lista exaustiva...
:)
Os criadores da série foram: Andrew Kreisberg, Greg Berlanti e Marc Guggenheim para a CW Television Network.
Foram exibidos 46 episódios divididos por duas temporadas, e como o Manuel Jesus diz logo no início, a 3ª temporada está aí à porta e com muitas surpresas!

Boas leituras

segunda-feira, 8 de Setembro de 2014

O Leituras de BD tem novo projecto


Acabaram-se as férias de Verão, e o LBD está aqui para ficar.
Como tal, eu Nuno Amado, quero sangue novo neste blogue. Assim decidi abrir o blogue directamente a contribuidores que poderão fazer os posts directamente aqui, em vez de ser por meu intermédio na rubrica "A Palavra dos Outros". Esta rubrica continuará a existir para todos os que quiserem escrever sobre BD/HQ, mas haverá (espero eu) para além de mim mais quatro contribuidores permanentes.

Assim já estão aceites como contribuidores de pleno direito o Paulo Costa e o Hugo Silva. Existe espaço para mais dois e gostaria que, se alguém mais aceitasse ser contribuidor do LBD, fosse mais virados para Manga, BD Portuguesa ou Franco-Belga (europeia) preferencialmente visto que o Hugo e o Paulo estão de pedra e cal nos Comics.
Portanto, independentemente da nacionalidade, existem dois lugares. Aos possíveis interessados basta mandar um e-mail para nmamado@gmail.com.

O perfil das críticas ou artigos sobre BD/HQ... bem, terão de ser trabalhos com alguma profundidade, bem escritos e acompanhados por imagens de tamanho generoso. Não exijo uma regularidade fascista, mas gostaria que fosse fluido. Com cinco pessoas a funcionar haverá sempre algo de interessante e diferente a ser apresentado.

O LBD vai também estender-se a críticas de cinema, séries de televisão e animação. Esta é uma novidade, e claro, desde que os filmes e séries estejam relacionados com BD/HQ... :)
E sim, a outra novidade vão ser as críticas negativas. Eu tenho pautado as minhas críticas por livros de que eu gostei minimamente. Mas acho que os leitores deste blogue também têm o direito de saber aquilo que eu não gostei.

Posto isto gostaria de ter mais dois contribuidores oficiais. Se não existirem, bem, não fico chateado! Acho que se consegue trabalhar perfeitamente com três pessoas!
:)

Já agora, o lay-out do blogue também irá ser mudado brevemente. 

Boas leituras

domingo, 7 de Setembro de 2014

Marvel dá a sua contribuição contra o Bullying


A Marvel resolve juntar-se à organização STOMP Out Bullying™, que tenta lutar contra esta forma de violência física e psicológica, que sobretudo acontece nas escolas, embora exista em vários outros lugares como o local de emprego, no sítio onde mora e também dentro da própria família.

Irão sair várias capas alternativas de alguns títulos Marvel alusivas a esta situação, que eu vou colocar a ilustrar este post.
Deixo também a transcrição do primeiro parágrafo da informação que está no site da Marvel e o link para se quiserem ler o resto do artigo:

























"Marvel Entertainment is enlisting its biggest super heroes to bring added awareness of the problems of bullying. This October, Marvel will join forces with STOMP Out Bullying™, the leading national bullying and cyberbullying prevention organization for kids and teens in the U.S., to launch a special variant cover program to commemorate National Bullying Prevention Month and support STOMP's relentless efforts to stop this growing epidemic. Throughout the month of October, the world's most popular super heroes – Captain America, the Avengers, the Guardians of the Galaxy and more – will be featured on all-new variant covers to spotlight both National Bullying Prevention Month and STOMP's Blue Shirt Day® World Day of Bullying Prevention. The variant issues will be available exclusively at comic shops.

..."


























http://marvel.com/news/comics/2014/9/4/23198/marvel_entertainment_and_stomp_out_bullying_team_up

Boas leituras

sexta-feira, 5 de Setembro de 2014

Lançamento Levoir: Universo Marvel Vol.9: X-Men - Dias de Um Futuro Esquecido


A Levoir apresenta um dos livros mais importantes da história dos X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido.
É o volume #9 da colecção que está a sair com o jornal Público, e garantidamente é imperdível!
Foi também o livro em que foi baseado o último filme dos X-Men. Irei fazer uma crítica a este livro para a semana.
:)

























Fiquem com a nota de imprensa da Levoir, e algumas páginas.

X-MEN: DIAS DE UM FUTURO ESQUECIDO

O mais terrível dos mundos... um futuro em que os Sentinelas, máquinas capazes de detectar, perseguir e destruir mutantes, devastaram a Terra, e em que os X-Men são a última esperança de toda a humanidade... até morrerem! Resta uma única hipótese, uma arriscada missão ao passado, para impedir o pior dos futuros.

























Chris Claremont e John Byrne assinam aqui um dos maiores clássicos da Marvel, uma história justamente considerada pelos fãs como das
melhores sagas dos X-Men de sempre, e que inspirou o recente filme com o mesmo título. Este volume inclui também uma série de histórias adicionais do mesmo período, incluindo a primeira história a solo de Kitty Pryde.

























Boas leituras

quinta-feira, 4 de Setembro de 2014

Lançamento Goody: Disney em Setembro


Então aqui vai com uns dias de atraso a lista de publicação (e respectivas datas) das publicações Disney para este mês.
Podem ler a nota de imprensa da Goody e apreciar as capas:

Disney em Setembro

Setembro é o mês do regresso às aulas, mas é também o mês das aventuras mais fantásticas da BD Disney! À Comix #92 chega a ansiada história especial do Casty: Mickey e a ilha de Quandomai! Nessa edição vais poder encontrar a 1ª parte desse fantástico episódio, onde o Mickey e os amigos vão oscilar entre o passado e o futuro! Na Comix #93 é Patópolis que vai centrar todas as atenções! O Tio Patinhas decide pôr mãos à obra e evitar que a comida se estrague! E isto não é só para seu bem… É para o bem comum! Uma história deveras única, intitulada Patópolis e o bom sabor da comida bem feita! E claro…

Nesta edição terás a 2ª parte de Quandomai, com um final inesperado e empolgante! Se és fã de bibliotecas e leituras várias, a Comix #94 é ideal para ti! O Mickey desvenda um mistério gramatical, onde as palavras mais arcaicas terão presença garantida! Falamos de Mickey e o mistério do coro do silêncio! Mas voltando ao início… Sendo setembro o mês do regresso às aulas, achámos que era útil aprofundares os teus conhecimentos de Química! Assim, os teus patos favoritos levam-te por uma viagem imperdível pela história da Química, onde vais ficar a perceber a importância que ela tem nos dias de hoje! Huguinho, Zezinho e Luisinho – A grande história da Química dos patos, é uma história bastante instrutiva e… Lúdica! Por isso, não percas a tua Comix semanal, que está cada vez mais espetacular!!! Comix é mesmo a BD que todos querem ler!

HIPER #22

Estou sim? Estou a falar com o Mickey? Era só para avisar o Pateta que tem o telefone desligado da ficha… E para avisar que a Hiper #22 está a chegar ao mês de setembro! Esta edição vai ser uma das melhores de sempre, com histórias que farão as delícias dos mais arriscados aventureiros! Falávamos há pouco do Pateta e é ele mesmo que protagoniza o primeiro episódio, com um pequeno engano que o vai levar a uma graaande trapalhada… Achamos que vais perceber tudo pelo título: Indiana Pateta e a troca involuntária! Isto promete!!! A seguir temos uma história passada no país vizinho, a Espanha! O Donald assume outra personalidade e torna-se um herói latino! Pablo Doñald e a intriga da Quadrenga vai levar-vos a conhecer o pato, que é “nuestro hermano”!
























E se há coisa que não gostamos é que roubem banda desenhada! Se bem que não é bem isso que se passa aqui… Estamos a falar da história Bafo-de-Onça e o roubo de banda desenhada, onde o teu vilão preferido vai ver a sua (má) reputação arruinada, quando umas bandas desenhadas começam a ridicularizar os seus roubos (ou tentativas)! Mas para grandes vilões, têm que haver grandes heróis… É por isso que terminamos a edição em grande, com mais uma série de histórias intrigantes do pato que também é espião: Doubleduck – Uma longa missão de três dias! Relembramos que esta edição junta mais uma lombada especial, que ao fim de algumas edições, em conjunto com outras, formará um desenho muito curioso! Hiper é diversão ao quadrado! E tu não vais querer perder a 22ª edição!

DISNEY ESPECIAL METRALHAS

O press release desta edição foi roubado! =P Mais informação em breve.

























E AINDA…

Carros#52 nas bancas! Junta-te ao Jeff Gorvette e acelera com este poderoso herói americano! Além da banda desenhada, encontrarás muitos jogos, curiosidades e atividades que te vão deixar completamente acelerado!!! Aguentas este ritmo? A revista Carros é só para campeões!!!

INFO

CARROS #52
36 páginas
JÁ NAS BANCAS
€3,99

COMIX #92
130 páginas
JÁ NAS BANCAS
03/09/2014
€1,90

COMIX #93
130 páginas
10/09/2014
€1,90

COMIX #94
130 páginas
17/09/2014
€1,90

HIPER #22
320 páginas
19/09/2014
€3,90

COMIX #95
130 páginas
24/09/2014
€1,90

ESPECIAL METRALHAS
320 páginas
26/09/2014
€3,90

Boas leituras

quarta-feira, 3 de Setembro de 2014

Lançamento Âncora: O Juiz de Soajo


José Ruy, talvez o mais antigo desenhador português ainda activo, tem mais um livro: O Juiz de Soajo.
Mais uma vez o motivo é histórico, e neste caso sobre a vila de Soajo.

Artista profícuo e que parece não parar! Fiquem com a nota de imprensa da editora Âncora:

O Juiz de Soajo

A propósito da comemoração dos 500 anos do Foral de Soajo, assinalados no passado dia 16 de Agosto, a Âncora Editora reedita a obra de banda desenhada O Juiz de Soajo, de José Ruy, em que o autor de BD com mais álbuns publicados retrata a história, os costumes e as tradições da vila de Soajo, em Arcos de Valdevez.

Editada pela primeira vez em 1996, pela antiga Editorial Notícias, a obra regressa às livrarias durante o mês de Setembro, preservando o registo do rico património cultural, paisagístico e patrimonial desta aldeia singular, outrora sede de concelho.

José Ruy nasceu na Amadora em Maio de 1930. Cursou Artes Gráficas na Escola António Arroio, onde foi discípulo do mestre Rodrigues Alves, e frequentou habilitação a Belas-Artes.

Iniciou-se como desenhador com apenas 14 anos, tendo publicado ao longo da sua carreira 79 álbuns, 48 dos quais em banda desenhada, com destaque para Fernão Mendes Pinto e a sua Peregrinação, Os Lusíadas e História da Amadora (actualizada).

Tem colaborado em diversos jornais e revistas, nomeadamente em O Cavaleiro Andante e Selecções BD. Editou e dirigiu a 2.ª série de O Mosquito.

O rigor na investigação e a qualidade dos seus trabalhos têm sido apreciados de norte a sul do país, com múltiplas homenagens e a atribuição de 24 prémios. Expôs com sucesso em vários países da Europa, na China, no Japão e no Brasil.

Primeiro autor a ser galardoado com o Prémio de Honra do Festival de Banda Desenhada da Amadora, em 1990. No ano seguinte foi distinguido com a Medalha Municipal de Ouro de Mérito e Dedicação da sua cidade natal.

Boas leituras

segunda-feira, 1 de Setembro de 2014

Lançamento Goody: Simpsons #5


No dia 29 de Agosto saiu mais um número da revista de banca da série Simpsons!
Podem ler a nota de imprensa e ver algumas páginas:





Simpsons #5

Cá estamos com mais uma BD Simpsons, a nº 5, com quatro histórias brutais, hilariantes e surpreendentes, com títulos que nos desafiam a memória cinematográfica como “Querida, Encolhi o Homer” ou “A Prosa Púrpura de Springfield”.

Tudo acontece neste volume: Homer encolhe quando Burns sofre uma indigestão em “Querida, Encolhi o Homer”, Bwana Seymour lidera uma expedição até ao centro da selva africana em “Edna, Rainha do Congo em: Confusão na Selva”, o diário secreto de Lisa é publicado por engano em “A Prosa Púrpura de Springfield” e Barney é apanhado numa trama inusitada em “Barney, O Amigo Patético de Homer Simpson, em : Se Beber não Durma”.
























































Boa revista esta na minha opinião!
;)

Boas leituras

sexta-feira, 29 de Agosto de 2014

Lançamento Goody: Disney Especial Super-Heróis


Está aí mais um Disney Especial, e desta vez com super-heróis!
Ora vejam lá se não é apelativo:
:)

DISNEY ESPECIAL SUPER-HERÓIS

A voar, a correr ou a saltar, a Disney Especial Super-heróis chegou para combater o crime e arrasar!!!
Podem contar com a companhia habitual do Superpato em aventuras clássicas e intemporais mas também em aventuras modernas e dinâmicas!

Em A vingança do Superpato, ficamos a saber como surgiram muitas das invenções do Superpato e as suas intenções originais! Vais ver como é divertido saber de onde surgiram muitos dos elementos icónicos a que já te habituaste! Por falar nisso… Sabes quem foram o Fantomius e a Dolly Paprika??? Pois é, antes do Superpato há uma história com muitos anos para contar e há pelo menos dois episódios que te vão dar algumas pistas… Não as percas em Superpato e o tesouro de Dolly Paprika e Superpato e o segredo de Fantomius!

Quem não podia faltar também à festa era… O Superpateta!!! Haverá super-herói mais trapalhão do que este? Certamente que não… Mas, diga-se, que é também o que tem o maior coração! Com os seus amendoins mágicos, o Pateta torna-se (quase) invencível e até evita uma catástrofe de dimensões universais!!! Não acreditas?! Confere em Superpateta – Turista pelo caos!!! O Superpateta não se cansa, mas às vezes precisa de alguma ajuda… O seu sobrinho Gilberto ainda é pequeno, mas tem um grande intelecto e isso pode ajudar quando se lida com um vilão completamente maquiavélico! Vais perceber o que queremos dizer em Superpateta e a aparente dificuldade dos deveres a mais!

E não são só estes os dois super-heróis que vais encontrar neste número!!! O Gansolino vai entrar em ação para estar na pele dos seus personagens favoritos!!! Não podes mesmo perder! Disney Especial Super-Heróis é mesmo suuuper!!!

ÍNDICE
7 A vingança do Superpato
67 O duplo triunfo do Superpato
128 Tira a máscara – Nas mãos certas
129 Superpato e o tesouro de Dolly Paprika
159 Superpato e o segredo do Fantomius
183 Superpato e o passado sem futuro
213 Os super-heróis do Gansolino – Flashgansolino
215 Superpateta – Turista pelo caos
225 Quando o Superpato come demais – O desafio titânico
240 Os super-heróis do Gansolino – Batgansolino
241 Superpateta e a aparente dificuldade dos deveres a mais
265 Superpato e o sabotador de negócios
287 Superpateta e o maçapão blindado
292 Super-heróis do Gansolino – 4 fantásticos Gansolinos
293 A noite dos 2 Superpatos
322 Os super-heróis do Gansolino – Gansolino 


















































Um lançamento apetecível para mim!
:D

Boas leituras