quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Bang Bang


Hugo Teixeira editou, por intermédio da Pedranocharco, o segundo volume da série Bang Bang.
Esta série foi lançada como a primeira Manga portuguesa. Essa parte não sei, mas investigações dão Bang Bang como a primeira obra género Manga, editada com ISBN e Depósito Legal. Este segundo livro livro vem provar que Hugo Teixeira quer mesmo continuar a série e a editora Pedranocharco está a ter uma atitude bem positiva em relação a essa continuidade.
Quanto à arte de Hugo Teixeira (Htx), eu sou fã das suas aguarelas, como esta , e serei fã de Bang Bang quando o Hugo cuidar da arte final de cada vinheta como cuida de um sketch! Nota-se perfeitamente que existem muitas vinhetas acabadas à pressa, acabando por ficarem com um traço fraco... quando o Hugo desenhar as pranchas da sua BD com a qualidade dos seus sketchs para os mesmo personagens, a arte ficará excelente! O problema não é tanto as paisagens ou locais onde a estória está a decorrer, penso que é mais o trabalho nos personagens... por vezes muito bem no traço e na expressão, outras vezes completamente a despachar.
A estória é centrada numa personagem feminina, Kitsune, que tem como ocupação profissional "caçar" criminosos perigosos em qualquer parte conhecida do Universo, seja numa galáxia ou noutra. O ambiente é pós-apocalíptico e no primeiro volume Kitsune reencontra outro caçador de prémios. Juntos vão tentar abandonar o desolado planeta em que se encontram. Claro que têm os seus percalços antes de atingirem os seus objectivos. Penso que estes dois primeiros livros servem para apresentar os protagonistas Kitsune e Tora, e também para dar uma "luzinha" sobre os verdadeiros motivos de Kitsune ao tornar-se uma caçadora de prémios... e aqui temos uma cena que vem de um filme. Penso que o Hugo podia ter "arranjado" outra maneira de traumatizar a pequena Kitsune!
Eu para o terceiro volume quero uma arte mais homogénea para o lado positivo, claro, pois sei que que o autor é capaz! Só tem de ter mais paciência, e não apressar o final de cada prancha... quem faz sketch´s daqueles, é capaz de fazer muito mais!
A nota final é um castigo para quem podia fazer muito melhor!

Softcover (TPB)
Criado por: Hugo Teixeira
Editado em 2008 por Pedranocharco
Comprado no FIBDA
Nota: 6,5 em 10
Deixa o teu comentário

Enviar um comentário