domingo, 25 de abril de 2010

Final Crisis


Muito confuso… mesmo!
É um livro para “profissionais” de crises da DC… acho que Grant Morrison se passou de vez neste “Final Crisis”! Fiz um esforço enorme para seguir todas as crises desde Crisis on Infinite Earths até este Final Crisis, com todos os volumes preparatórios e algumas pós-crises, e este último (que eu espero que seja o último “Crisis” da DC) achei que foi o mais intrincado e difícil de ler! Penso que não deveria ser assim, visto que li todos os livros anteriores a este culminar de mega-evento, e mesmo assim foi difícil. Teve alguns arcos de estória bastante bons pelo meio, mas houve uma altura que eu já andava a folhear o livro para a frente para ver se compreendia o que se passava para trás… isso é mau sinal!
A arte apresentada foi muito irregular ao longo de todo o livro e nunca nada de excepcional, safam-se as capas que são bastante boas , na minha opinião, claro.
A estória até começa bastante bem, com Metron a oferecer uma primeira grande arma a um homem pré-histórico, o fogo, dizendo-lhe: "Here is knowledge.". Seguidamente, e já no nosso tempo, o detective Turpin dá de caras com o assassinato de um Deus, Orion, e um pouco mais à frente é assassinado um dos pilares do universo DC, o Martian Manhunter, pelas mãos do novo líder vilão: Libra! Um começo fulgurante e cheio de energia, que passado pouco tempo se começa a complicar com vários plots um pouco confusos, só os verdadeiros fanáticos DC se poderão sentir à vontade no resto do livro. Temos batalhas contra a Anti-Life Equation, espalhadas pelos homens de Libra, ao serviço de Darkseid, equação essa que põe qualquer humano ao serviço do Deus de Apokolips, salvo raras excepções… Vários Superman de diferentes Universos são reunidos por um Monitor Vampiro feminino, Zillo Valla, para combater Mandrakk. Um pouco por todo o lado os heróis da Terra que não foram convertidos pela Equação Anti-vida lutam pela suas vidas, e pelas dos poucos humanos que ainda não foram convertidos… Heróis sucumbem, vilões tornam-se heróis!
Bem, irei colocar aqui uma lista mais ou menos válida para todas as “crises” da DC. Os livros que tiverem post neste blog terão direito a link, penso que apenas Identity Crisis não teve post, por razões de atraso na compra do livro, pois é um dos melhores livros que já li editados pela DC. Então aqui vai:
- Crisis on Infinite Earths
- Zero Hour: Crisis in Time
- Identity Crisis
- Countdown to Infinite Crisis: Day of Vengeance
- Countdown to Infinite Crisis: OMAC Project
- Countdown to Infinite Crisis: Superman: Sacrifice
- Countdown to Infinite Crisis: Rann - Thannagar War
- Countdown to Infinite Crisis: Villains United
- Countdown to Infinite Crisis: JLA: Crisis of Conscience
- Infinite Crisis
- 52
- Countdown to Final Crisis
- Final Crisis
De notar que hoje li de rajada, após a releitura de Final Crisis, os três principais “tie-ins” a este crossover, e garanto que são muito melhores que a estória que lhes deu a hipótese de existirem, aliás eu acho-os mesmo bons livros! São eles:
- Final Crisis: Revelations
- Final Crisis: Rogues Revenge
- Final Crisis: Legion of 3 Worlds
Irei fazer uma apreciação destes futuramente, porque o merecem!
Já agora, um dos heróis principais desta “crise” é o Batman, e para quem não sabe o que lhe aconteceu (se morreu ou não), só tem de ler o final deste livro.
Não aconselho este livro a quem não esteja por dentro deste tipo de eventos do DC Universe.
Boas leituras!

Hardcover
Criado por: Grant Morrison, J. G. Jones, Carlos Pacheco, Doug Mahnke, etc...
Editado em Junho de 2009 pela DC Comics
Nota : 6,5 em 10
Deixa o teu comentário

Enviar um comentário