sábado, 31 de julho de 2010

Green Lantern Archives Golden Age: Alan Scott


Alan Scott faz neste mês de Julho a bela idade de 70 anos! O primeiro Lanterna Verde! Foi criado por Bill Finger e Martin Nodell, surgindo pela primeira vez na revista “All-American Comics” número 16.
Estas suas primeiras aventuras estão compiladas em dois volumes com o título de “Green Lantern Archives Golden Age”, infelizmente as vendas não foram boas e a DC ficou-se apenas por dois volumes. O livro do género “Archive” é talvez a linha mais cara da DC, digo isto proporcionalmente pois um “Absolute” normalmente é mais caro, mas comparando tamanhos e páginas posso chegar à conclusão que o preço de um “Archive” é muito salgado… ora como este primeiro Green Lantern não chegou nunca a ter a aceitação do público como os seguintes que apareceram na “Silver Age”, a DC ficou por estes dois volumes. Já agora, o Green Lantern da “Silver Age” teve direito a seis Archives, e parece que irá sair um Omnibus em Dezembro (compilando os três primeiros Archives) … o que o cinema faz! Era preferível fazer mais uns volumes, prosseguindo a série. Assim vamos ter mais uma reedição num outro formato!
Já agora, e porque estamos a falar na “Era de Ouro” dos comics norte-americanos, esta é “delimitada” por dois eventos: o início com o aparecimento do Superman na revista Action Comics nº1 em 1938 pela DC Comics e tem o seu fim aproximadamente no início dos anos 50 com o surgimento do “Comic Code Authority”, uma espécie de censura devido ao aparecimento de correntes académicas que defendiam que determinadas revistas poderiam ter uma influência negativa na juventude norte-americana.
Mas voltamos a Alan Scott. Este recebe os seus poderes através de uma chama mística de cor verde oriunda de um meteoro que tinha caído na Terra muitos anos atrás. No seguimento de um desastre de comboio recebe os poderes desta “chama verde” de uma lanterna, que tinha sido feita do material desse meteoro. Seguindo as instruções da “chama verde” faz um anel a partir do material da lanterna, o qual lhe obedece conforme a sua vontade. Assim Alan Scott passa a poder voar, atravessar paredes e fica possuidor de uma força física superior.
Como curiosidade, nesta altura não havia super-vilões nem seres com poderes cósmicos, assim a luta deste Green Lantern era com mafiosos, rufias e toda a espécie de “gangsters” que pululavam por todas as grandes cidades norte-americanas da altura. Alan Scott perdia os seus poderes com obstáculos de madeira, assim a única maneira de o conseguir agredir era batendo-lhe com mocas ou vigas deste material!
As estórias são todas muito curtas e fechadas, por norma, e os textos bastante simples e ingénuos, como era apanágio das estórias de super-heróis desta altura. Isto não quer dizer que não se possam ler com prazer.
Mas Alan Scott sobreviveu a todas as “Eras” dos comics norte-americanos… Era de Prata, Bronze, Moderna… bem, até aos dias de hoje! O seu anel feito do material da própria fonte de poder retarda-lhe o processo de envelhecimento, e quando por acso fica sem o seu anel, como aconteceu por uma ou duas vezes, imediatamente o seu corpo começa a envelhecer rapidamente. Neste momento é um membro honorário dos “Green Lantern Corps” e é uma das pedras basilares da JSA (Justice Society of America). A sua enorme experiência e conhecimento são reconhecidas por todos os heróis, e muitas vezes estes vêm pedir-lhe conselho. Tem um filho, Obsidian, e uma filha, Jade. Esta faleceu durante um episódio de Infinite Crisis.
Descubram Alan Scott, porque vale a pena!
Boas leituras.

Hardcover
Criado por: Bill Finger e Martin Nodell
Editado entre 1999 e 2010 pela DC Comics
Nota: 8 em 10
____________________________________________________________________

Green Lantern Archives Golden Age: Alan Scott
Alan Scott makes this July the beautiful age of 70! The first Green Lantern! It was created by Bill Finger and Martin Nodell, first appearing in the magazine All-American Comics # 16.
These first adventures are collected into two volumes under the title "Golden Age Green Lantern Archives," unfortunately the sales were not good and DC publish only two volumes. This kind of book, "Archive" is perhaps the most expensive line of DC, I say this because a "Absolute Edition" is usually more expensive, but comparing sizes and pages I can reach the conclusion that the price of an "Archive" is very high... this first Green Lantern didn’t have the public acceptance as the following Lanterns that appeared in the "Silver Age", so DC cancel the third volume. Even now, the Green Lantern's "Silver Age" was entitled to six Archives and it seems that will have an Omnibus in December (the first three collected Archives) ... what makes a movie! It was preferable to do a few more volumes, continuing the series. So we will have another reprint in another format! Poor…
By the way, and because we are talking about the "Golden Age" of comics Americans, this is "bounded" by two events: the beginning with the appearance of Superman in Action Comics No. 1 in 1938 by DC Comics and has its end approximately in the early '50s with the emergence of the "Comic Code Authority," a kind of censorship due to the emergence of current academic, who argued that certain magazines would have a negative influence on American youth.
But back to Alan Scott. It receives its powers through a mystical green flame coming from a meteor that had fallen on Earth many years ago. Following a train crash he receives the powers of this "green flame" of a lantern, which had been made of material that meteor. Following the instructions of the "green flame" he made a ring from the material of the lantern, which obeys according to his will. So Alan Scott may now fly through walls and possessed a superior physical strength.
Curiously, at this time there was no super-villains or beings with cosmic powers, so this fight was with Green Lantern and mobsters, thugs and all manner of gangsters that swarmed by all the major U.S. cities at the time. Alan Scott lost his powers with wooden obstacles, so the only way to block his attack was beating him with clubs or beams of this stuff!
The stories are all very short and closed normally, and the texts rather simple and naive, as was the prerogative of the stories of superheroes this time. This doesn’t mean they cannot be read with pleasure.
But Alan Scott survived all the "Ages" of American comics ... Silver Age, Bronze, Modern ... well, up to today! His ring made of material of its own power source slows the aging process, and when by chance is without his ring, what as happened once or twice, his your body begins to age rapidly. Right now is an honorary member of the "Green Lantern Corps” and is one of the cornerstones of the JSA (Justice Society of America, not translated). His vast experience and knowledge are recognized by all the heroes, and often they come asking for his advice. He has one son, Obsidian, and a daughter, Jade. She died during an episode of Infinite Crisis, not translated.
Discover Alan Scott, because it's worthy!
Good Reads.

Hardcover
Created by Bill Finger and Martin Nodell
Published between 1999 and 2010 by DC Comics
Rating: 8 out of 10
Deixa o teu comentário

Enviar um comentário