domingo, 31 de julho de 2011

Novo Universo DC: Linha The Dark


A DC para iniciar esta nova linha foi buscar armas à Vertigo, sua subsidiária, e à parte mais obscura do universo DC. Contem alguns títulos que me parecem bastante promissores no género negro com seres sobrenaturais e muita magia à mistura. Particularmente sinto bastante curiosidade em Justice League Dark, I, Vampire e Demon Knights!
A linha é composta por sete títulos:
- Justice League Dark
- Swamp Thing
- Animal Man
- Frankenstein: Agent of S.H.A.D.E.
- I, Vampire
- Resurrection Man
- Demon Knights
Segue-se a presentação destes títulos, com as suas possíveis capas para os dois primeiros números:

Justice League Dark


A Feiticeira conhecida como The Enchantress ficou louca e libertou forças que nem o poder combinado de Superman, Batman, Wonder Woman e Cyborg conseguem parar! Se estes super heróis não o conseguem, quem conseguirá parar esta loucura mística?
Shade the Changing Man, Madame Xanadu, Deadman, Zatanna e John Constantine poderão ser a única esperança da humanidade…
Madame Xanadu continua a liderar estes heróis da sombra na sua luta contra as forças negras, mas conseguirão estes heróis derrotar a perigosa Enchantress antes que ela acabe com o mundo?
Escrita por Petr Milligan
Arte por Mikel Janin

Swamp Thing


Um dos heróis mais icónicos do mundo regressou ao coração da DC, e cada passo dele abana os pilares da Terra!
Alec Holland tem a sua vida de volta, mas “the Green” tem planos para ele. Uma monstruosa força do mal emerge no deserto, e é preciso um monstro para lidar com outro monstro…
Escrita por Scott Snyder
Arte por Yanick Paquette

Animal Man


Buddy Baker deixou de ser “super” homem para ser um homem de família, mas será ele forte o suficiente para lidar com Maxine, a sua filha mais nova, quando os seus poderes se começam a manifestar?
Os poderes de Maxine aterrorizam Elle e Buddy Baker, e as coisas vão de mal a pior quando Buddy se começa a transformar naquilo que ele é! Esta transformação vai levá-lo numa jornada até ao coração de “the Red”.Entretanto “The Hunters Three” chegam à Terra e vigiam atentamente a família Baker.
Escrito por Jeff Lemire
Arte por Travel Foreman e Dan Green

Frankenstein: Agent of S.H.A.D.E.


Frankenstein visto como nunca ninguém viu nesta nova série negra!
Faz parte de uma organização de estranhos seres, que trabalham para uma ainda mais estranha organização governamental: The Super Human Advanced Defense Executive!
Mas conseguirá ele proteger o mundo de ameaças ainda mais horríveis que ele?
E sendo ele um ser amaldiçoado pelo que é, será que ele aceita proteger quem o persegue e teme?
Escrito por Jeff Lemire
Arte por Alberto Ponticelli

I, Vampire


Por centenas de anos, o vampiro Andrew Stanton manteve a espécie humana segura dos horrores do mundo sobrenatural, graças a uma trégua firmada com a sua ex. amante Mary, a Rainha dos Malditos. Mas agora essa trégua chegou a um fim sangrento e Andrew tem de fazer tudo para parar Mary e as suas forças negras, que entraram num frenesim de matança generalizada, e ela quer começar pelos heróis do universo DC!
O amor entre Andrew e Mary transformou-se em ódio quando os ataques dos vampiros desta percorreram todo o país. Mary e Andrew estão dispostos a lutar até à morte… se esses sentimentos que os uniam se foram de vez, Andrew cercado por sequiosos vampiros terá de enfrentar a sua imortal amada numa batalha sangrenta, que provavelmente não conseguirá ganhar!
Escrita por Joshua Hale Fialkov
Arte por Andrea Sorrentino

Resurrection Man


É o retorno de Mitch Shelly, embora ele continue morto… Resurrection Man não costuma estar morto por muito tempo, e a cada renascimento volta com mais e novos poderes. Mas os seus muitos retornos não passam despercebidos e há forças que se reúnem para aprender o que há de tão especial com ele, e deixá-lo morto de vez!
O passado de Mitch Shelly continua um mistério. Assim quando parte à procura de respostas, será que vai encontrá-las? Provavelmente não, sobretudo quando tem de enfrentar um grupo feminino de “caçadores de prémios”: The Body Doubles!
Escrita por Dan Abnett e Andy Lanning
Arte por Ivan Reis e Joe Prado

Demon Knights


Na era negra do Universo DC uma horda bárbara prepara-se para esmagar a civilização. Cabe a Madame Xanadu e a Jason Blood (que tem o demónio Etrigan dentro de si) interpor-se no meio desta catástrofe, mas o demónio Etrigan não tem qualquer vontade de proteger nada nem ninguém para além de si! Vai ser preciso mais que que o poder deles para parar este exército animado por desejo de sangue e magia negra.
O cerco que ficou na memória do Universo DC até aos dias de hoje, começou com o demónio Etrigan e a sua improvável amante, Madame Xanadu, a enfrentar a Horda. Quais são as nobres (ou quase) cinco almas que são loucas o suficiente para se juntar a eles? A capa dá algumas pistas…
Escrita por Paul Cornell
Arte por Oclair Albert e Diogenes Neves

Outros posts sobre este asunto:
Novo Universo DC: Linha Superman
Novo Universo DC: Linha Batman
Novo Universo DC: Linha Green Lantern
Novo Universo DC: Linha Justice League

Boas leituras!
Deixa o teu comentário

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Van Gogh: Starry Night?????


A conhecida obra de Van Gogh, Starry Night, vai conhecendo algumas modificações...
Batman está a tomar conta do famoso quadro e do conceito a ele inerente, senão vejamos...
Em cima o original, em baixo modificações com o morcego!








Digam lá que o Batman não fica magnífico neste ambiente? Van Gogh é que não se lembrou do homem morcego!
:D

Boas leituras
Deixa o teu comentário

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Duplas Famosas: Northstar e Aurora


São irmãos gémeos, têm poderes e usam-nos para defender os humanos. Esta dupla pertenceu às fileiras do grupo mutante canadiano Alpha Flight, acabou por pertencer também aos X-Men, sendo que foi nesta revista com este nome que apareceram pela primeira vez em 1979!
Separados à nascença seguiram caminhos completamente diferentes... Aurora foi entregue a uma escola de disciplina rígida onde acabou por formar uma segunda personalidade. Sempre foi uma mulher reprimida devido aos maus tratos na sua infância. Acabou por se tornar professora, mas quando foi atacada por assaltantes a sua segunda personalidade emergiu dando-lhe poderes supra-humanos, conseguindo dominar um dos bandidos, sendo o outro dominado por Wolverine. Este acabou por convidar Aurora para incorporar a força mutante canadiana Alpha Flight onde encontrou o seu irmão. Este pertenceu primeiro a um grupo terrorista e separatista do Québec, mas não concordando com os métodos deste grupo acabou por ser recrutado para os Alpha Flight. É aqui que Jean-Paul Beaubier e Jeanne-Marie Beaubier se tornam respectivamente Northstar e Aurora!
Northstar acabou por perceber que a irmã tinha problemas de personalidade e tornou-se no seu protector!
Os poderes de Northstar são basicamente de alta velocidade, pode-se mover e voar quase à velocidade da luz. É claro que quando aplica murros repetidamente quase à velocidade da luz até o Hulk vacila!
Aurora tem basicamente os poderes do irmão, mas é menos veloz. Em contrapartida a capacidade de prolongar o tempo útil dos seus poderes sem se cansar é bastante maior que a do irmão.
Quando combinam os seus poderes, normalmente dando a mão um ao outro, são capazes de explosões fotónicas extremamente poderosas!
Nothstar também é famoso por ser o primeiro super herói assumidamente homossexual. Tem de se dar mais crédito por isso, porque lutou pelo seu rumo sexual numa altura em que o famigerado Comics Code Authority estava ainda bem activo! A sua orientação sexual deu muita luta entre autores, artistas, editores, editoras e agências de censura norte-americanas.
A última vez que eu li uma aventura onde eles foram elementos preponderantes foi no crossover X-Men Supernovas, mas têm outras mais recentes. Penso que houve um reanimar do grupo Alpha Flight, mas não sei se vingou...

Boas leituras
Deixa o teu comentário

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Lançamento Dynamite: Kirby - Genesis


A Dynamite tem tentado (com êxito) obter os direitos de algumas das personagens criadas pelo grande Jack Kirby desde há três anos. O culminar deste processo chama-se Genesis e começou a ser editado em formato "comic" em Junho. Os artistas são dois grandes nomes da BD norte-americana, que provaram anos atrás o que sabem fazer com o famoso título "Marvels", editado em português pela BD Mania. Eles chamam-se Kurt Busiek e Alex Ross!
Jack Kirby tinha uma cabeça fervilhante de ideias e grande talento para para as passar para o papel. Conseguiu criar universos e conceitos que não estão ao alcance de muitos!
É isto que a editora Dynamite quer aproveitar, socorrendo-se de uma dupla de luxo!
A estória que dá corpo a este projecto consiste na viagem de uma sonda, a Pioneer 10, que levou uma mensagem para as estrelas oriunda da Terra. Agora ela volta com uma resposta! Mas esta não era a resposta esperada... quando esta chega transforma completamente a vida dos habitantes deste planeta azul, sobretudo de três vulgares indivíduos!
Captain Victory e Silver Star, em conjunto com outras grandes criações de Jack Kirby, serão personagens principais deste Genesis!
Ficam as imagens de algumas páginas ainda por acabar, para saborearem um pouco da arte desta grande dupla: Alex Ross e Kurt Busiek. Bom... também não se pode desprezar o trabalho de Jackson Herbert, que finaliza o trabalho de Ross!

























Boas leituras!
Deixa o teu comentário

terça-feira, 26 de julho de 2011

Autores: Stan Lee


Stanley Martin Lieber nasceu em Nova Iorque no ano de 1922, mas o nome provavelmente não diz nada a ninguém. Se eu falar em Stan Lee de certeza que meio planeta Terra sabe de quem eu estou a falar! Este homem mudou para sempre, e irreversivelmente, os comics e cultura norte-americana, ao reinventar o mundo dos comics! Ele, em conjunto com Steve Ditko e Jack Kirby, inventou uma grande parte dos super-heróis que catapultaram a Marvel de uma pequena editora para o gigante mundial que é neste momento. Só para terem uma ideia aí vai uma lista das personagens que saíram da cabeça deste homem:
- Black Marvel
- Mister Fantastic
- Invisible Woman
- The Thing
- Human Torch
- The Hulk
- Ant-Man
- Spider-Man
- Thor
- Doctor Strange
- Iron Man
- Nick Fury
- Wasp
- Cyclops
- Professor Charles Xavier
- Angel
- Iceman
- Magneto
- Beast
- Marvel Girl (Phoenix)
- The Avengers
- Black Widow
- Daredevil
- Hawkeye
- Quicksilver
- Scarlet Witch
- Wonder Man
- Black Phanter
- Silver Surfer
- Captain Marvel (Mar-Vell)
- Falcon
- She-Hulk
Nos anos 40 do século passado o mercado de BD norte-americano era dominado pela DC comics em pontificavam Superman e Batman. Stan “The Man” Lee começou a escrever nos anos 30 para uma pequena editora a Timely Comics. Esta editora viria a tornar-se mais tarde a Marvel Comics! O seu primeiro trabalho foi uma página para a revista Captain America, criação de Joe Simon e Jack Kirby, onde assinou pela primeira vez como Stan Lee. Foi no nº3 desta revista.
Stan Lee voltou para a “sua” editora no final da 2ª Guerra Mundial, onde se deparou com uma crise de moralismo, em que se dizia que a BD corrompia a juventude. Foi um período muito negro desta arte nos EUA, que ainda se repercute nos dias de hoje! O nome da censura chamava-se Comics Code Authority.
Nos anos 50 Martin Goodman incumbiu Lee de “responder” à renovada DC com uma equipe nova de super heróis, assim surgiu o Quarteto Fantástico! De seguida veio o Hulk, Iron Man, Thor, X-Men, DareDevil e por fim… o maior sucesso da Marvel: Spider-Man!
Os heróis criados por Lee foram recebidos de braços abertos pelo público norte-americano, pois eram humanos! Tinham problemas existenciais, alguns eram violentos e possuidores de mau feitio! Tinham namoradas e de trabalhar para viver.
Esta foi a revolução de Stan Lee! Acompanhado pelos míticos artistas Jack Kirby e Steve Ditko, Lee levou a Marvel para o top de vendas.
Para além do seu trabalho como criador de personagens e estórias, tornou-se editor chefe da Marvel durante muitos anos.
Mas apesar de estar intimamente ligado à Marvel também trabalhou para a sua concorrente já neste século, criando a conhecida série “Just Imagine Stan Lee’s...” onde personagens da DC tinham aventuras alternativas.
Agora, Stan Lee vai passeando a sua fama em programas de televisão e em pequenas cenas nos filmes rodados pela Marvel. Arranja sempre maneira de figurar no meio dos seus heróis que saltaram com grande êxito para o ecrã. A sua melhor aparição é mesmo no 2º filme do Quarteto Fantástico, onde aparece como ele próprio e tenta penetrar na festa de casamento entre Sue e Reed Richards…
É sem dúvida um dos maiores vultos ainda vivos dos comics norte-americanos!


Boas leituras!
Deixa o teu comentário

domingo, 24 de julho de 2011

Lançamento Bluewater Productions: Madonna


Depois de uma biografia não autorizada em Banda Desenhada editada há alguns anos (imagem à esquerda), Madonna tem agora um número na série "Female Force"!
Esta artista vai ter lugar nesta série de BD ao lado de Hillary Clinton, Oprah Winfrey, JK Rowling, Sarah Palin e Margaret Thatcher entre outras. Este número sairá em Agosto e é desenhado por Michael Johnson e escrito por CW Cooke.
Esta história visará a sua vida de artista no seu início e a sua transformação no maior ícone feminino da actualidade!
Faz sentido, mais do que outras figuras femininas que foram "biografadas" nesta série, porque Madonna é sem dúvida uma das personalidades femininas que mais influenciou a música e a cultura Pop do nosso tempo, para não dizer de sempre!


Boas leituras!
Deixa o teu comentário

sexta-feira, 22 de julho de 2011

BD Pop Rock Português: Trabalhadores do Comércio


Desta colecção já fiz divulgação prévia da mesma em BD Pop Rock Português, já disse mal de um livro em António Variações e apresentei a melhor capa e páginas dos cinco primeiros livro em A Melhor capa e Algumas Páginas.
Agora chegou a vez de retomar este tópico para elogiar um livro desta série!
Foi com agrado, e um sorriso nos lábios, que eu li hoje o 13º volume da série (quem disse que 13 era número de azar?), volume este dedicado aos Trabalhadores do Comércio!
Este livro tem como autor dos textos Hugo Jesus e a arte está a cargo de Pedro Pires e André Caetano.
A estória chama-se “Imbictus” e a par de alguma biografia da banda, segue também um percurso ficcional, ou seja, há uma premissa de fantasia na estória! Neste caso foi um vírus que retirou todo o talento e espírito criativo aos músicos em 2012! Todos os músicos do mundo foram afectados excepto os Trabalhadores do Comércio… ahhhh pois é! Devido a uma ironia do destino eles foram poupados e preparam-se para dar o último concerto ao vivo da sua carreira, e do mundo inteiro, antes da sua reforma.
A estória está bem construída, bem humorada, e por fim tem um pormenor delicioso: está escrita com o berdadeiro sutuaque do Puorto!!!
:D
Sim, uma pessoa diverte-se bem a ler esta estória de Hugo Jesus, que também foi responsável pela balonagem e “lettering”.


Depois temos a arte. Não sei qual é qual nos dois estilos apresentados neste livro. As páginas 11 e 12 apresentadas aqui têm registos completamente diferentes, presumo que uma será do Pedro Pires e outra do André Caetano. É BD, com sequência e de vez em quando com uma página inteira dividida em vinhetas para os diversos balões. Algumas páginas são mesmo muito boas!
Parabéns aos três pelo melhor livro até agora desta colecção!
A Diabba também fez um post sobre este livro com sotaque do Porto, podem ver aqui:
Trabalhadores do Comércio
Este eu recomendo sim!
:)

Boas leituras

Hardcover
Criado por Hugo Jesus, Pedro Pires e André Caetano
Editado em 2011 pelo Diário de Notícias
Nota BD: 7,5 em 10
Nota CD: 9 em 10
Deixa o teu comentário

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Novo Universo DC: Linha Justice League


Continuando a apresentar os novos títulos da DC, hoje é a vez da linha Justice League.
Já agora, e como informação adicional, na Linha Superman que irá sair, este não é casado nem namora com a Lois Lane, aliás ela namora com alguém do Daily Planet, mas ainda não foi revelado quem era o jeitoso… ehehehe… afinal já foi! Chama-se Jonathan Carroll.
Nesta linha Justice League tenho pena da extinção de JSA, que estava moribunda, e do desaparecimento de Wally West, o homem que substituiu Barry Allen após a morte deste em Crisis on Infinite Earths.
Assim temos onze títulos:
- Justice League
- Justice League International
- Aquaman
- Wonder Woman
- The Flash
- Captain Atom
- The Fury of Firestorm
- Green Arrow
- The Savage Hawkman
- Mister Terrific
- DC Universe Presents
Digamos que os títulos que irei tentar seguir para ver se valem a pena são Justice League, Aquaman e Hawkman.
Já de seguida têm a listagem com as possíveis capas:

Justice League



Geoff Johns e Jim Lee vão tomar conta do grupo mais poderoso da Terra!
O que é que acontece quando o maior detective enfrenta o extraterrestre mais poderoso do Universo? Batman irá ter de utilizar todo o seu intelecto, força de vontade e física para conseguir dominar o Homem de Aço!
Num universo onde os super-heróis são novos e estranhos, Batman descobre um grande Mal que para ser combatido todos os grandes heróis vão ter de se unir!
Escrita Geoff Johns
Arte Jim Lee e Scott Williams

Justice League International



Num mundo onde pululam super-heróis, as Nações Unidas resolvem formar um novo grupo chamado Justice League International.
Batman, Booster Gold, Green Lantern, Hal Jordan, August General in Iron, Fire, Ice, Vixen e Rocket Red são encarregues de promover a união e a confiança, mas conseguirão fazê-lo antes de se matarem uns aos outros?
Este novo grupo de super-heróis das Nações Unidas terá de aprender a trabalhar em equipa, e depressa, se querem descobrir o mistério que está por detrás do gigante extraterrestre Signalmen que anda a aparecer por todo o globo! Conseguirá Booster Gold levar a sua equipa à vitória?
Escrita por Dan Jurgens
Arte por Aaron Lopresti e Matt Ryan

Aquaman



Aquaman renunciou ao trono de Atlantis, mas os Oceanos não se vão libertar tão facilmente de Arthur Curry!
Agora emerge do esquecimento dos Oceanos uma ameaça: The Trench! Uma raça de criaturas que não deveria existir, guiadas por uma inexplicável força! The Trench irá ser um dos novos personagens mais falados!
Uma cidade inteira devorada! Aquaman e Mera descobrem a estranha causa por detrás deste desaparecimento! A infestação de The Trench espalha-se pelo mundo subaquático… e outro poder destes seres manifesta-se!
Escrita por Geoff Johns
Arte por Ivan Reis e Joe Prado

Wonder Woman



Os Deuses caminham entre nós. Para eles as nossas vidas são brinquedos! Apenas uma mulher se atreve a proteger a Humanidade da ira e poder de estranhas forças! Mas ela é uma de nós, ou deles?
Hera, Rainha de Deuses, não toma a sua vingança de ânimo leve… e se a Wonder Woman se põe no seu caminho, a Wonder Woman passa a ser sua inimiga…
Escrita por Brian Azzarello
Arte por Cliff Chiang

The Flash



O homem mais rápido do mundo regressa numa série mensal! Ele sabe que não consegue estar em todo lado ao mesmo tempo, mas o que acontece quando ele encontra um vilão que o consegue fazer? E ainda por cima este vilão é um seu amigo íntimo…
Flash aprende a fazer o seu cérebro trabalhar ainda mais depressa, mas aprende também que isso tem um preço. Irá ser descoberto também o que está por detrás do amigo de Barry Allen, Manuel Lago, após o seu rapto!
Escrita por Francis Manapul e Brian Buccellato
Arte por Francis Manapul

Captain Atom



Carregado com energia nuclear, para além de vastos poderes moleculares, o Captain Atom tem o potencial para ser um Deus entre os homens! A questão é, conseguirá ele não se perder com tanto poder?
Perdendo o controlo dos seus poderes, Atom quer apenas um lugar sossegado para novamente poder auto controlar o seu poder. Mas como conseguirá ele fazer para que as ondas que ele capta constantemente “flutuando” no ar não o afectem? Quando muitas delas são pedidos de socorro?
Escrito por J.T. Krul
Arte por Freddie Williams II

The Fury of Firestorm



Jason Rusch e Ronnie Raymond são dois estudantes de liceu de mundos sociais diferentes, mas agora mergulharam fundo numa conspiração de alta ciência, que os ligou para sempre de uma maneira que eles não conseguem explicar ou controlar!
Os segredos mais negros dos assassinos Dog Team e do seu protocolo “Firestorm “ forçou-os a unirem-se para porem de parte as suas diferenças, lutando para pôr fim a uma ameaça que iniciaria nova “guerra fria”.
Bem-vindos a uma nova visão de terror nuclear!
Três inocentes estudantes de liceu foram apanhados nas malhas de uma conspiração internacional, e forças especiais têm ordem para os abater a sangue-frio… isto até dois desses estudantes convocaram a força de Firestorm!
Escrita por Ethan Van Sciver e Gail Simone
Arte por Yildiray Cinar

Green Arrow



Green Arrow anda à caça, guiado pelos seus demónios interiores. Ollie Queen viaja pelo mundo para trazer criminosos à justiça, quebrando todas as leis para atingir esse fim!
Agora armado com uma boa artilharia e informações ilegais privilegiadas, dispara primeiro e faz perguntas depois!
Escrito por J.T. Krul
Arte por Dan Jurgens e George Pèrez

The Savage Hawkman



A facilidade com que Carter Hall decifra Línguas “mortas” e abandonadas há muito tempo levou-o a trabalhar em arqueologia, especializando-se em ruínas extraterrestres. Mas, a sua última descoberta espalhou uma praga sobre Nova Iorque. Carter Hall, não se importa do custo pessoal, vai ter de por as suas asas, e tornar-se o Savage Hawkman para sobreviver!
Quando a criatura conhecida como Morphicius começa a drenar a força de Carter Hall, este percebe que há mais naquela criatura do que o que está à vista…o metal Nth que protege o Hawkman torna-a ainda mais forte…
Escrita por Tony S. Daniel
Arte por Philip Tan

Mister Terrific



O terceiro homem mais inteligente do planeta utiliza o seu intelecto e os seus punhos para combater ciência e cientistas fora de controlo! Michael Holt é o responsável de uma corporação de alta tecnologia e de um instituto que recruta as melhores mentes da próxima geração. Mas um electrizante novo vilão invade o universo DC: Brainstorm! Este homem está determinado a fazer Los Angeles ajoelhar-se perante os seus pés, a começar pelo bilionário Michael Holt! Como irá Mister Terrific derrotar uma mente ainda mais brilhante que a sua?
Escrito por Eric Wallace
Arte por Gianluca Gugliotta

DC Universe Presents



Deadman salta das páginas de Brightest Day para esta aventura contada em cinco capítulos!
Deadman terá novas aventuras e a primeira andará à volta com corpos que vai possuindo para completar as missões que a Deusa Rama Kushna lhe impõe…

A DC está mesmo empenhada nesta acção de marketing... irão lançar um livro hardcover (capa dura) com todos os números 1 deste reboot!

Outros post sobre este assunto:
Novo Universo DC: Linha Superman
Novo Universo DC: Linha Batman
Novo Universo DC: Linha Green Lantern
Novo Universo DC: Linha The Dark

Boas leituras!
Deixa o teu comentário

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Lançamento ASA: Corto Maltese - As Etiópicas / A Lagoa dos Mistérios


No dia 27 de Julho irão sair dos armazéns da ASA, para as livrarias, mais dois livros da série Corto Maltese. Não confundir estas edições com as que já saíram em capa dura. Estas edições em capa dura são exclusivas da FNAC e são um pouco mais caras. Este lançamento refere-se às edições ASA apenas, que nesta colecção se apresentam com capa mole.
Segue a nota de imprensa da ASA:

Corto Maltese – As Etiópicas
( A imagem de topo refere-se à capa deste livro)

Paredes brancas calcinadas pelo sol, moitas de figos de piteira, minaretes e escorpiões, camelos imóveis ao sol e metralhadoras prontas a rasgar o silêncio. E uma cidade com igrejas ocultas. A Etiópia.
Neste país, há coisas misteriosas... diz Corto Maltese a Cush.
Corto é irónico; Cush é integralista. Corto encarna o Ocidente; Cush, o guerreiro danakil, encarna a África; mas a diferença não é clara. Pratt confronta-os, mas, no fundo, mistura e confunde os seus carácteres. Viajam juntos no deserto, sem se incomodarem com o calor e os escorpiões. Conversam sobre o melhor momento para tomar chá, e combatem lado a lado.
Em As Etiópicas, cultura, natureza e aventura formam o tríptico de pedra no qual se baseiam as aventuras de Corto. Tudo o resto é apenas magia.

Corto Maltese – A Lagoa dos Mistérios




As lagoas de Hugo Pratt formam a ponte sonhada entre as águas do delta do Orinoco, as florestas húmidas da Guiana e as brumas de Veneza. É daí que partem os mistérios. Tudo começa com os manuscritos antigos e um mapa de 1750 traçado na pele de um franciscano esfolado pelos índios Jivaros da Amazónia, um mapa que indicava, segundo dizem, o caminho para as míticas cidades de ouro de Cibola. Missionários, monges, aventureiros, homens de negócios sem escrúpulos, soldados e conquistadores, enfrentaram as flechas envenenadas, as serpentes-coral e as mais violentas febres para lhes arrancarem os seus tesouros.
Corto Maltese fez a mesma viagem, mas em vez do ouro escolheu o sonho...

Boas leituras!
Deixa o teu comentário

terça-feira, 19 de julho de 2011

Yoko Tsuno


A série Yoko Tsuno veio ocupar um espaço quase virgem, na BD francófona, em que os heróis principais eram sempre do género masculino. Na sua génese seria uma personagem secundária, os heróis principais seriam Vic e Pol seus companheiros de aventura. Mas na Dupuis, editora que detém os direitos da série desde 1972, decidiu-se após algumas pequenas aventuras em que Yoko não seria a personagem principal, entregar a Roger Leloup um álbum completo, mas com o Yoko no centro, sendo Vic Video e Pol Pitron os seus acompanhantes. Isto aconteceu também pelo espaço criado pela heroína Natasha ao ser a primeira personagem principal feminina na Banda Desenhada Franco-Belga. Assim Yoko Tsuno passou a ser a segunda, e com sucesso, como provam os seus 25 álbuns editados desde 1972 até 2010. Para além disso esta série é referenciada por alguns críticos como uma série de leitura que visa o género feminino, com o qual eu não estou de acordo. Por ter muitas personagens femininas não quer dizer que seja apenas para elas! Eu penso que é para todos! Eu li, e leio, Yoko Tsuno com prazer e não sinto que seja assim… se eu pegar num Manga Shoujo (para raparigas) aquilo chateia-me um bocado na leitura, pois é mesmo vocacionado para elas. Yoko Tsuno considero uma série para todos, como é apanágio das BDs Francófonas.
A sua primeira aparição traduzida para português aconteceu na 2ª série da revista Spirou, sendo depois disso editados quatro álbuns, o primeiro pela Assírio e Alvim, os restantes pela Difusão Verbo. Infelizmente a Verbo ficou por aqui… Os títulos editados em português são:
1- O Trio do Estranho - Assírio e Alvim 1982, Bertrand (Revista Spirou) 1979
2- O Órgão do Diabo – Verbo 1986
3- A Forja de Vulcano – Verbo 1986
5- Mensagem para a Eternidade - Bertrand (Revista Spirou) 1979
6- Os 3 Sois de Vinea – Verbo 1987
Para ficar tudo seguido apenas falhou as “Aventures Électroniques”, o nº 4 da colecção…
As aventuras de Yoko Tsuno inserem-se no género aventura, fantástico e ficção-científica. Como podem ver as aventuras da jovem oriental são muito abrangentes ao nível da narrativa! E esta é muito fluída e sem paragens como convém a uma série de aventuras. Roger Leloup é o autor tanto dos textos como da parte artística. Este belga, pode-se dizer que fez de Yoko Tsuno a série da sua vida, pois não tem praticamente mais nada editado na sua carreira artística! Mas é na arte que eu acho que ele se destaca. Super pormenorizado, sobretudo nas imagens de fundo, em que por vezes retrata paisagens reais e estas estão com um rigor exemplar, sendo que por vezes não são nada fáceis de retratar em BD. Para além disso é tão fiel a desenhar um avião tipo Boing 747, como um Peugeot 403. É um grande artista! As sua personagens estão impregnadas de grande dinamismo, sendo que a parte psicológica destas foi logo definida nos dois primeiros volumes. A partir daí não variam muito, apenas as situações inverosímeis em se encontram muitas vezes vão variando, varrendo o planeta! Alemanha, China, Caraíbas, Desertos, planetas extraterrestres, Afeganistão, Plataformas petrolíferas… enfim, Leloup não tem nenhum problema em desenhar o que quer que seja com grande à vontade e pormenor.
Yoko Tsuno é uma engenheira electrónica criada no Japão, vivendo agora na Bélgica. Faz facilmente amigos, sendo muito fiel a estes, tendo uma grande noção de honra! Tem um grande e vasto conhecimento sobre muitas actividades, como mergulho, artes marciais (cinturão negro em Aikido), sabe pilotar aviões e helicópteros! Tudo isto concentrado numa mulher quase sem defeitos na sua maneira de agir com os outros, digamos que é uma mulher muito competente.
É acompanhada por Vic, o seu melhor amigo, e Pol, o cómico do grupo…
Convido-vos a conhecer a excelente arte de Leloup, pelo menos nos álbuns que estão editados em português! Quem quiser ler mais livros desta heroína e não souber falar francês, a Cinebook editou em inglês seis álbuns desta série. Infelizmente, e não sei porquê, não editaram nenhum em que aparecem os habitantes do planeta Vinea, tornando a série muito mais pobre…
Boas leituras!

Hardcover/Softcover
Criado por Roger Leloup
Editado entre 1979 e 1986 pela Bertrand, Verbo e Assírio e Alvim
Nota : 8 em 10
Deixa o teu comentário

domingo, 17 de julho de 2011

Lançamento ASA: Yu-Gi-Oh! Vol.6 – Luta de Monstros


Mais um número desta série de Manga japonesa, o penúltimo desta primeira série. Saiu dos armazéns da ASA no passado dia 6 de Julho.
Fica o press release da ASA:

YU-GI-OH!6 – LUTA DE MONSTROS!

Pacato e fácil de intimidar, Yugi, do 10º ano, passava a maior parte do seu tempo sozinho, a jogar... até que resolveu o Puzzle do Milénio, um misterioso artefacto egípcio que lhe foi passado pelo seu avô. Possuído pelo puzzle, Yugi tornou-se Yu-Gi-Oh, o Rei dos Jogos, e desafiou rufias e criminosos para estranhos jogos onde o derrotado perde a sua mente! Mas contra novos e estranhos jogos e novos inimigos, será o Yugi capaz de proteger os seus amigos... ou mesmo ele próprio?

Boas leituras!
Deixa o teu comentário

sábado, 16 de julho de 2011

Novo Universo DC: Linha Green Lantern


Esta é a minha linha preferida!
Quem me conhece sabe que eu tenho uma especial predilecção por aventuras cósmicas e pelo universo Green Lantern, nesta linha juntam-se e eu gosto! Muito!
Ouvi dizer que este título, assim como Green Lantern Corps, apenas têm alteração de numeração, mas que a continuidade das estórias está garantida. E ainda bem que é assim pois a DC obteve grande sucesso com estes dois títulos, e não faria nenhum sentido mudar nada. Pode-se dizer que o universo Green Lantern carregou nos últimos anos a DC, e como prémio disso abriu mais duas séries relacionadas: New Guardians e Red Lanterns!
Assim, os quatro títulos são:
- Green Lantern
- Green Lantern Corps
- Green Lantern: New Guardians
- Red Lanterns
Estou muito curioso sobretudo em relação a New Guardians. Depois de Blackest Night este seria um título intuitivo, e ainda bem que alguém na DC pensou nisso!
Passo a apresentar os títulos, com imagem das capas nº1 e nº2 de cada um:

Green Lantern


No primeiro número é apresentado o novo Green Lantern responsável pelo sector 2814! Já adivinharam quem é?
Pois… o renegado Sinestro traça um curso para o seu planeta (Korugar) com um objectivo bem definido: libertar o seu planeta da influência do… Sinestro Corps???????????
Escrita por Geoff Johns
Arte por Doug Mahnke e Christian Alamy


Green Lantern Corps


Quando um conflito mortal surge em todo o Universo, é tarefa de Guy Gardner, John Stewart e to o corpo de elite dos Green Lantern manter a paz, ou não…
Estes heróis liderando um poderoso esquadrão de Green Lanterns têm de combater uma misteriosa força que se espalha por toda a galáxia, devorando não só os recursos naturais como também toda a população dos planetas atingidos! Mas pior que tudo… o responsável por este ataque tem uma “vendetta” antiga contra os Green Lanterns!
Escrita por Peter Tomasi
Arte por Fernando Pasarin e Scott Hanna


Green Lantern: New Guardians


Kyle Rayner montou o grupo mais poderoso de todo o universo, um elemento de cada corpo do espectro da luz. Mas será que consegue manter unido este grupo tão volátil?
Quem, ou o quê, têm o poder de arrancar os anéis dos sete Lantern Corps, assassinando os seus possuidores?
Escrita por Tony Bedard
Arte por Tyler Kirkham, Harvey Talibao e Batt


Red Lanterns


Atrocitus e o seu corpo de Red Lanterns regressam numa série própria, combatendo contra a injustiça da única maneira que sabem: quanto mais sangrento for o processo, melhor!
Num mundo em guerra são os inocentes que mais sofrem, e quando uma criança grita com raiva perante a loucura à sua volta, o apelo é respondido pela sua arma de retribuição: Atrocitus!
Escrita por Peter Milligan
Arte por Ed Benes e Rob Hunter


Os dois primeiros títulos já os seguia religiosamente, com spin-offs e tie-ins, agora vou experimentar os novos! Espero que sejam tão bons quantos os já existentes, sobretudo New Guardians, o seguimento lógico de Blackest Night/Brightest Day.

Outros posts sobre este assunto:
Novo Universo DC: Linha Superman
Novo Universo DC: Linha Batman
Novo Universo DC: Linha The Dark
Novo Universo DC: Linha Justice League

Boas leituras
Deixa o teu comentário