quarta-feira, 30 de novembro de 2011

The Amazing Adventures of Dog Mendonça & Pizzaboy


Pois, cá está mais um excelente desenvolvimento desta saga. A Dark Horse vai editar este livro primeiramente em comics, como já tinha sido noticiado anteriormente, e agora anuncia a edição do livro para Setembro de 2012!
Mais... nesta data este livro terá também edição brasileira por intermédio da Devir.
Caso para dizer: sucesso!
Fiquem também com o trailer do 2º livro: Apocalipse!



Boas leituras!
Deixa o teu comentário

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Bedeteca em Construção!


Mais espaço, mais móveis tipo "Billy", mais feliz o Bongop!
:D
A Bedeteca está em construção! Faltam arrumar mais livros, comprar portas (mais tarde) e arrumar a bonecada toda (depois das portas).
Infelizmente os livros tipo "Absolute" estão numas estantes próprias, que não "casam" com as "Billy".
Depois há que pendurar umas ilustrações giras que eu fui acumulando ao longo do tempo!


Vista de um lado...




Vista do outro...

Ao todo estão cinco "Billys" neste quarto, e ainda tenho muito espaço e ideias para o ocupar!
As fotos não estão grande coisa, mas paciência... não consegui melhor.

Boas leituras e ofereçam um livro de BD no Natal!
Deixa o teu comentário

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Lançamento ASA: A Arte de As Aventuras de Tintin


Aproveitando o embalo do filme temos mais Tintin.
Será o último livro da ASA deste ano, e aqui é apresentada a arte que levou ao filme e respectiva animação.
Fica a nota de imprensa:

A ARTE DE AS AVENTURAS DE TINTIN

A ARTE DE “AS AVENTURAS DE TINTIN”, que conta com prefácios de Steven Spielberg e Peter Jackson é um livro em capa dura e sobrecapa, profusamente ilustrado, que acompanha o lançamento do novo filme da Paramount Pictures e da Columbia Pictures, o qual tem como ponto de partida os álbuns de Tintin, o célebre repórter criado por Hergé e cujas aventuras a ASA tem vindo a publicar desde 2010.
A animação, efeitos visuais e design deste filme em 3D foram desenvolvidos pela Weta (responsável por filmes de sucesso como “O Senhor dos Anéis” ou “Avatar”), tendo o livro sido criado pelos mesmos artistas que transpuseram a obra de Hergé para o grande ecrã. Desde as primeiras ilustrações conceptuais às cenas tais como as vimos no ecrã, passando pelo material que foi sendo entretanto desenvolvido, este livro oferece uma visão única do processo criativo que envolve a feitura de um filme deste género.

Colecção: Tintin – Fora de Colecção
Nº de págs: 200
Autor: Cris Guise
Edição: cartonada com sobrecapa
ISBN: 978-989-23-1677-2
Edição limitada a 1000 exemplares
PVP: 35,30 Euros

Boas leituras e ofereçam um livro de BD no Natal!
Deixa o teu comentário

Capas: Deadpool #28


Funny cover!!
:D
Felizmente para o mundo que o Capitão América não conhecia os jogos de Rochambeau… Nesta altura o Captain America tinha a mente “enevoada”, e nada melhor que uma saída tipo Deadpool para o curar!
Como podem ver pela capa, Deadpool já conhecia o vulgar pontapé nas partes baixas bem demais!


Boas leituras
Deixa o teu comentário

domingo, 27 de novembro de 2011

Lançamento Kalandraka: Emigrantes


A editora Kalandraka, com raízes na Galiza onde fica a casa mãe, surpreendeu pela positiva ao editar este livro!
É uma editora um pouco desconhecida para mim, mas já tem o meu respeito ao publicar esta obra prima de Shaun Tan. Como já foi referido neste blog, este livro não precisa de tradutor. É Banda Desenhada pura sem balões de fala, ou pensamento.
Convido-vos a conhecer este excelente livro de BD, e se quiserem saber a minha opinião sobre ele, basta clicar neste link: The Arrival / Là où vont nos pères
Fica também a sinopse da Kalandraka:

Emigrantes em busca de um futuro melhor, refugiados políticos, deslocados de guerra... esta novela gráfica sem palavras de Shaun Tan é uma magistral homenagem a todos aqueles que empreenderam uma viagem definitiva, física e existencial, nas suas vidas. O protagonista de “Emigrantes” deixa o seu lar e a sua família, uma cidade mergulhada na crise, e é acolhido por um país onde enfrenta uma língua desconhecida, costumes diferentes e incertezas. A obra plasma também a nostalgia pelos entes queridos, as experiências de outros emigrantes, o duro processo de adaptação à nova realidade, a passagem do tempo e a hospitalidade da povoação.

Livro premiado em França com o PRÉMIO MELHOR LIVRO DE 2007
NO FESTIVAL DE ANGOULÊME.
O Leituras de BD recomenda este livro!

Boas leituras
Deixa o teu comentário

Ilustração: Lenore (Roman Dirge)


Uma das grandes criações de Roman Dirge, foi exactamente esta rapariga muito gira, mas também muito morta...
Lenore nasceu em 1992, nas páginas de “Xenophobe”, um fanzine!
Rapidamente se tornou uma série de culto, embora não obtivesse grande êxito em Portugal. A Vitamina BD editou o volume nº1 e ficou-se por aí infelizmente, mas penso que na realidade essa situação seria inevitável, visto que a aderência dos portugueses foi diminuta.
Gosto desta ilustração, porque demonstra tudo o que Lenore é numa só frase!
:D

Boas leituras
Deixa o teu comentário

sábado, 26 de novembro de 2011

Exposição “Universos do Entropia” – Carcavelos


Na Junta de Freguesia de Carcavelos está patente desde hoje uma exposição - Universos do Entropia.
Convido todos a visitar a exposição!
:)
Fica o texto de divulgação:

Será já no Próximo dia 26 Novembro, pelas 15h que a Exposição colectiva de Artes e de Artistas, “Universos do Entropia” irá regressar à “estrada”.

Com novos trabalhos e com um número alargado de Autores convidados, esta Exposição itinerante das Artes da Banda Desenhada, Cartoon, Caricatura e Fotografia irá marcar, desta feita, presença no belo espaço para Exposições do Salão Nobre da Junta de Freguesia de Carcavelos.
Esta será portanto uma nova oportunidade para se apreciarem os trabalhos criativos de cerca de 20 Artistas, bem representativos da qualidade e diversidade artística existente em Portugal.

Autores Convidados:

Adelina Menaia
Álvaro
Ana Maria Baptista
Ana Saúde
Bruno Balegas
Bruno Ma
Bruno Martins
Catarina Guerreiro
Filipe Duarte
Gastão Travado
João Amaral
João Figueiredo
João Raz
João Sá-Chaves
João Sequeira
Manuel Alves
Melanie Romão
Miguel Ferreira
Nuno Sarmento
Paula Nunes
Paulo Marques
Pedro Manaças
Ricardo Correia

Horário da Exposição:

2ª a 5ª feira, das 9h00-13h00 + 14h00-16h30 + 18h00-20h00.
6ª feira, das 9h00-13h00 + 14h00-16h30.
Sábado, das 15h00 às 22h00.
Domingo – Encerramento semanal.

Informações Extras

Localização: Salão Nobre da Junta de Freguesia de Carcavelos – Estrada da Torre, 1483 – Carcavelos

GPS: 38.690381,-9.334260

Estacionamento disponível (gratuito).

Boas leituras

P.S.: Gosto do poster!!!
:)
Deixa o teu comentário

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Thor Omnibus de J. Michael Straczynski


J. Michael Straczynski (JMS) infelizmente tem o condão de acabar poucos trabalhos que inicia. Por variadas razões as suas séries acabam em confronto entre JMS e os responsáveis editoriais. Penso JMS nunca conseguirá trabalhar com editoras tipo a Marvel ou a DC, porque as suas estórias tendem a fugir ao resto do Universo onde se inserem e a seguirem uma linha muito própria!

Já tinha acontecido com Supreme Power que obteve êxito na linha para adultos da Marvel, a MAX, e a Marvel decidiu passar a série para a linha normal, obrigando JMS a ter de repensar toda a linha narrativa. JMS disse que não e largou Supreme Powerr… O tempo deu-lhe razão e esta série tornou-se um autêntico flop na Marvel para todas as idades. Em Thor, a Marvel decidiu que a história tinha de ter contacto e cruzar-se com os mega-crossovers, JMS decidiu que isso não era a sua estória e saiu…

Dar razão ou não a JMS depende do peso para cada pessoa dos argumentos envolvidos. Eu pessoalmente gosto muito do JMS e das suas histórias, normalmente muito bem elaboradas.
Thor de J. Michael Straczynski foi uma das poucas lufadas de ar fresco que eu senti na Marvel dos últimos anos. Bem estruturada, muito cinematográfica e acompanhada por uma arte acima do normal. Thor ressurge assim do Ragnarok com um rosto lavado e um novo uniforme!

A arte esteve a cargo de Oliver Coipel e Marko Djurdjevic com Laura Martin e Paul Mounts nas cores. Estes estão todos de parabéns!
Este novo Thor está muito mais humanizado, com a dualidade Donald Blake/Thor muito bem explorada, mas o Ragnarok mudou Thor, e este Deus vai trazer mudanças ao planeta Terra…


O Deus do Trovão vai passar por diversas fases neste seu ressurgimento, sendo a primeira a solidão. Aqui JMS foi genial, porque mostra bem a solidão de um Deus perdido na Terra, sozinho, mas ao mesmo tempo e em contraponto, a narrativa avança com um humor muito fino, e um dos melhores exemplos disso acontece quando Thor faz surgir Asgard em pleno Oklahoma! A polícia não sabe se é legal aquela construção no terreno… solução divinal, Thor faz levitar Asgard uns metros acima do solo! Priceless!

Toda essa fase tem pormenores humorísticos muito bons, na relação entre os Deuses Nórdicos e o povo dos arredores.
Thor aos poucos recupera com o seu martelo Mjolnir todos os Deuses de Asgard, mas não há bela sem senão. Com Asgard vem também o resto, Loki, Hela, e todos os seres monstruosos que habitavam nesse plano!

E com Loki… bem, Loki ressurge no seu melhor. É o grande Deus da intriga e da mentira! Ressurge em corpo feminino, e passa logo ao ataque enredando tudo e todos nas malhas de uma grande intriga.

A cena com o Iron Man (Civil War) está brutal. Grande tareia no lata de conserva, que só conseguiu sair dali inteiro por puro milagre! Thor não gostou de Civil War nem da morte do Captain America!
Quanto a Sif… bem para saberem têm de ler! Este livro não é barato, mas vale cada cêntimo gasto nele!

Infelizmente o final… é um final a que JMS já nos habituou quando é corrido, ou sai fora de uma série, mas mesmo assim não está mal embora uns furos abaixo do resto.
Mas são 520 páginas de puro entretenimento.
Livro recomendado pelo Leituras de BD!

Boas leituras!

Criado por: Michael Straczynski, Oliver Coipel e Marko Djurdjevic
Editado em 2010 pela Marvel
Nota : 10 em 10
Deixa o teu comentário

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Capas: X-Men #190


Capa lindíssima de Chris Bachalo, em conjunto com o arte-finalista Tim Townsend.
Quando estava a ler o mega X-Men crossover "Supernovas" dei-me de caras com esta capa da revista 190, e disse "WOW, capa brutal!"
:)
Ainda bem que nesta grandes compilações os editores inserem estas pérolas, sim, porque havia lá outras também muito boas.
Mystique e Iceman num beijo arrebatado e quente, apesar do fresquinho exterior do Homem de Gelo...
:D

Boas leituras
Deixa o teu comentário

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Vitamina BD - O que se passa?


Esta editora anos atrás publicava muito e com qualidade! Excelentes séries, e o que impressionava era que até ia acabando algumas, o que não era nada natural na altura... a ASA perdia-se nessa altura por uma quantidade de títulos sem continuidade aparente, e a Meribérica tinha fechado as portas com um montão de séries inacabadas (algumas continuadas pela ASA), a Booktree lançava a maior colecção de sempre de números 1 da BD portuguesa e a Witloof também tinha fechado.
Pedro Silva, o editor, alardeava grande vivacidade e gabava-se (com mérito) de não deixar os leitores/compradores pendurados.
O que se passa desde há três anos para cá?
Quase nada...!
Alguns lançamentos, poucos, de alguns livros de Hermann (Jeremiah, Bernard Prince) e outros quase sem nexo de séries que quase passam despercebidas!
Pior para mim do que editar um número 1 e cancelar logo aí por fracas vendas, é editar séries em que apenas falta o último número da série para a finalizar. Desculpem-me mas posso considerar isto uma enorme falta de respeito pelos leitores.
Exemplos práticos disto?
- Universal War One Vol.6: O Patriarca (Série de 6 livros, editados 5)
- Korrigans Vol.4: O Senhor do Caos (Série de 4 livros, editados 3)
No primeiro caso falhei a janela de compra em inglês pela Marvel, porque sempre esperei que fosse editado (prometido várias vezes pelo editor) o último volume, e agora nem em português, nem inglês...
O mercado português é difícil, eu sei, mas se não se trabalhar para o sucesso com muita força ainda mais difícil se torna! Distribuição deficiente, divulgação quase nula, é assim que as coisas estão para esta editora. O caso do último livro editado por esta editora é quase caricato... foi na Feira do Livro de Lisboa deste ano, e como à partida não havia novidades desta editora, nem sequer fui à banca. Mas não é que sem avisar ninguém e sem divulgação nenhuma cai um livro do céu!!!!
A minha pergunta é: Como é que querem vender livros que ninguém sabe que existem? Nem os nerds como eu sabiam da existência deste livro!
Podem queixar-se da distribuição e das livrarias, é verdade. Mas então porque é que não resolvem o assunto com um site em condições, divulgação na internet a rodos e preços mais baixos na loja da editora? Sim visto que que os livros que estão na loja não têm de pagar a distribuidores e livrarias! O preço de capa podia ser bem mais atractivo vendendo só e apenas na loja própria, e neste caso tanto física como virtual. Se sai muito caro pôr os produtos nas livrarias, penso que esse era o caminho! Mas para isso funcionar tinham de ter uma loja virtual em condições, e uma boa divulgação de produtos, coisa que não acontece. Para mais... a loja física em Lisboa até está num bom local.
E já agora o que aconteceu a excelentes séries como Senda (Sillage)? Já agora, saiu mais um volume d'Os Guardiões de Maser tempos atrás... bem, a série Senda já vai em França com 14 volumes, e nós aqui com 5. Casta dos Metabarões? Onde está? O problema é que os leitores gastam o dinheiro, e há quem gaste muito dinheiro, apostando em edições portuguesas e depois sai tudo furado. Se a BD em português já não anda bem, estas situações ainda a tornam pior porque as pessoas se sentem enganadas e defraudadas. Ao menos que se editassem OS ÚLTIMOS VOLUMES de séries em que só faltam mesmo esses! Acho que era o mínimo... Em vez disso perdem-se em livros que não vêm acrescentar nada ao panorama da BD portuguesa.
No meu caso sinto-me enganado, defraudado e irritado!
São estas as situações que levam cada vez mais leitores a importarem os livros em Língua estrangeira, asfixiando ainda mais a BD traduzida... é a chamada pescadinha de rabo na boca... não se edita porque não vende, não se compra porque não se tem confiança. O que me fez fazer este post foi saber que tinha saído mais um livro da EXCELENTE série O Regulador (em França, claro...).
Resta-me comprar estes livros em francês para não ficar com as colecções incompletas, e ficar à espera do dia em que aprenda a falar esta Língua "maricas"...

O Pedro Silva que me desculpe, mas é o que me vai na alma. No caso da Vitamina BD, neste momento só me apetece dizer uma coisa:
EPIC FAIL!

Referências a estas séries neste blogue:

O Regulador
Capas: O Regulador Vol.2 - Hestia

Senda (Sillage)

Universal War One ( UW1 )
Universal War One Vol.4: O Dilúvio
Universal War One Vol.5: A Torre de Babel

Korrigans Vol. 3 : O Povo de Dana






Boas leituras
Deixa o teu comentário

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Capas: Flash #3


Gosto de capas, e o Flash tem muitas capas boas e bastantes acima da média.
Gosto desta!
O autor é Francis Manapul, e aqui conseguiu uma capa diferente na composição e na paleta de cores. Normalmente nas capas do Flash imperam o amarelo, vermelho e laranja... esta como vêem é diferente, mas a sua construção transporta a ideia de força e poder ao Flash a negro.
Já disse que gostei?
:D

Boas leituras
Deixa o teu comentário

Marvel Point One


A Marvel no seu esforço para alavancar o seu universo iniciou o seu "Point One", série desenhada para novos leitores.
O especial Point One revela várias nuances... temos uma referência a Ultron, com colaboração entre Brian Michael Bendis e Bryan Hitch, e temos algo que tem vindo a ser semeado de há muito tempo a esta parte... a volta da destruidora de mundos: a Força Phoenix!
Também é sabido que esta precisa de um hospedeiro, onde irá recair a escolha desta avassaladora força? A boa notícia é que um membro dos Nova Corps, pelo menos não me parece ser "o Nova", contactou com ela, mas a 80.000 anos luz.
A Marvel serve-se desta série como um novo ponto de partida no seu universo, e declara Point One como a fundação do Universo Marvel para 2012, sendo transversal aos títulos regulares desta editora. A ver vamos!
Para já gosto da volta da Phoenix.
E temos Nova outra vez!
(Não gosto da capa...)
:)






Nova em contacto com a Força Phoenix!
"Epic fail"! LOL

Boas leituras
Deixa o teu comentário

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Druuna: Creatura


Druuna é uma série complexa que mescla ficção-científica, horror, erotismo e metafísica com cenários grandiosos de tão decadentes que são. As aventuras da voluptuosa mulher estão completamente impregnadas em sexo, violência e desespero. Druuna não hesita em trocar favores sexuais para se manter viva, e na realidade com a perversão levada ao limite, é a única maneira desta se manter viva e incólume! É um grande périplo no mundo do sonho, do espaço e do tempo, Serpieri não fez uma estória fácil, tive de voltar muitas vezes atrás, mesmo a livros anteriores para conseguir perceber aqueles mundos decadentes por onde se passa toda a acção. As transições de espaço na narrativa são bastante importantes, e na realidade muito bem-feitas. Serpieri passa dos espaços amplos e luminosos para a exiguidade quase claustrofóbica com grande mestria. Por vezes o leitor sente mesmo este aperto ao seguir as personagens a entrar em corredores mais estreitos, por vezes confinando o clímax da cena a uma pequena sala; e fazendo o contraponto claustrofóbico temos quase sempre uma cena de grande desespero e violência, tanto gráfica como emocional.
Como referência podem clicar nestas hiperligações para ver as outras entradas de Druuna neste blogue, sobretudo a que trata dos dois primeiros volumes:
Druuna
Ilustração: Druuna X2
Ilustração: Druuna
Depois dos dois primeiros volumes (editados em português) surge “Creatura”, livro que se inicia no espaço profundo a bordo de uma nave. Este volume dá saltos narrativos do mundo do sonho para realidade, e ao mesmo tempo existe um grande salto temporal do segundo volume para este terceiro. A nave espacial “The City” foi completamente tomada pela matéria orgânica denominada “O Mal”, embora e apesar disso alguns grupos humanos ainda consigam sobreviver. Lewis e o computador Delta tornaram-se um, a apoderaram-se ainda de Shastar, o eterno amante de Druuna. Esta trindade fundiu-se com a nave e protege Druuna do espaço putrefacto do seu interior. Mandam mensagens subliminares para o subconsciente do comandante (Will) da pequena nave que se aproxima, fazendo com que este seja impelido a resgatar Druuna do inferno onde ela se encontra. Mas existe uma tentativa de fecundar Druuna por parte da nave “The City”, agora quase completamente orgânica… será que na realidade isto aconteceu? E se aconteceu, será que “O Mal” se vai conseguir disseminar para além da nave “The City”? E que foi fácil de mais o resgate da bela jovem, aliás a própria nave “The City” ajudou…
Fica tudo em aberto neste volume. O próximo é “Carnívora”! Fiquem atentos.
Como devem calcular, não posso pôr as imagens mais fortes do livro, para não ferir algumas susceptibilidades... de qualquer modo, louvo o trabalho do censor que se entreteve no princípio do livro a pôr balões em cima do sexo masculino, mas que se cansou a meio do livro. Devia estar a dar-lhe trabalho de mais!
:D

Boas leituras

Hardcover
Criado por: Paolo Eleuteri Serpieri
Editado em 1993 pela Heavy Metal
Nota : 9 em 10
Deixa o teu comentário

domingo, 20 de novembro de 2011

Ilustração: Dejah Thoris (Esteban Maroto)


Edgar Rice Burroughs não trouxe só para o nosso imaginário Tarzan. Também escreveu outra grande saga de ficção passada em Marte: John Carter of Mars (Barsoom series). O primeiro livro é precisamente "A Princess of Mars" onde pontifica esta personagem, Dejah Thoris. Esta série foi amplamente adaptada com sucesso à BD e Esteban Maroto foi um dos muitos artistas que assinaram páginas ou capas desta excelente série.
Fica esta bela ilustração de um grande artista! É assim que eu imagino esta importante personagem da obra.

Boas leituras
Deixa o teu comentário

Marvel anuncia mais cancelamentos!


Depois de Spider-Girl, foi a vez de Ghost Rider, X-23 e Black Panther: The Most Dangerous Man Alive. Agora veio o anúncio de mais uma série "on-going" cancelada: Daken: Dark Wolverine!
Digamos que ficam poucas séries de continuação regular nas bancas... escapam os Avengers, Spider-Man e os títulos X-Men! Pouca coisa fica de uma editora que até há bem pouco tempo tinha o mercado na mão. Daken caiu de 48.000 cópias para menos de 20.000, o que justificou mais este cancelamento.
Com isto tudo será a "Casa das (?) Ideias" vai imitar a DC e teremos brevemente os "New Marvel 52"??? Acho que pouco falta para isso, visto que a nova maquilhagem da DC provou ter sido uma boa ideia, relançando a editora para a conquista do top de vendas, e de onde saíram alguns bons novos títulos.
Opiniões?
:D








X-23




Ghost Rider




Black Phanter

Boas leituras
Deixa o teu comentário

sábado, 19 de novembro de 2011

Figuras Marvel: Especiais


As minhas "especiais" da Marvel!
Hulk, Profesor Xavier, Spider-Man, Kingpin e Galactus.
Alguns quilos de chumbo em poucas figuras... NÃO SÃO TÃO FIXES???
:D

Boas leituras!
Deixa o teu comentário

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Lançamento Booksmile: Scott Pilgrim no Seu Melhor


Ao fim de um ano a Booksmile termina a série Scott Pilgrim, uma aposta forte numa série de culto do mercado norte-americano. Parabéns à Booksmile por ter terminado a série, apesar das contingências do nosso mercado, e espero que a experiência com Scott Pilgrim faça esta editora voltar à Banda Desenhada com mais séries fortes.

Depois de quase 1000 páginas temos um final épico! Scott despachou seis ex. namorados maléficos de Ramona, só falta mais um… mas Ramona também abandonou Scott no volume 5!
Será que Scott deverá largar Ramona ou lutar por ela com Gideon? Iremos descobrir neste último volume!
Existe uma promoção exclusiva da FNAC! A quem comprar dois volumes será oferecido um poster. O poster é este aqui à esquerda, e podem ver o “making of” deste em Lançamento Booksmile: Scott Pilgrim Vol.4 - Agora é a Sério.
Também podem ver outras entradas de Scott Pilgrim nos seguinte links:

Scott Pilgrim Vol.1 Vol.2 e Vol.3
Scott Pilgrim Vol.4: Agora é Sério
Scott Pilgrim Vol.5: Contra o Universo

Ficam algumas páginas deste último livro da excelente série que foi Scott Pilgrim, do autor Bryan Lee O’Malley.









Boas leituras
Deixa o teu comentário

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Dark Horse Presents: As Incríveis Aventuras de Dog Mendonça e Pizzaboy (2)


Irá sair no dia 23 de Novembro (este mês) a terceira aventura de Dog Mendonça e Pizzaboy nesta revista da Dark Horse.
Inicialmente estava previsto a saída de uma estória do Dog Mendonça em 3 números da revista, respectivamente no número 4, 5 e 6, mas a Dark Horse gostou e pediu mais uma dose de pizza em oito fatias a serem servidas na revista número 7!
Assim, a imagem de topo é da capa da revista nº6 (autor: Fábio Moon), e aqui à esquerda temos uma página do Dog Mendonça que irá sair na revista nº7. Espero que gostem da escolha da página!
Como já foi dito no post Dark Horse Presents: As Incríveis Aventuras de Dog e Pizzaboy (1), a estória apresentada conta origens e aventuras do passado de Dog Mendonça. Se quiserem saber mais sobre esta aventura norte-americana cliquem no link anterior!
Ficam as datas das revistas com os links, a direccionarem para a revista em questão, no site da Dark Horse:

Dark Horse Presents #4 - 21/Setembro/2011
Dark Horse Presents #5 - 19/Outubro/2011
Dark Horse Presents #6 - 23/Novembro/2011
Dark Horse Presents #7 - 21/Dezembro/2011

De notar que esta revista nº7 tem como atracção principal mais uma estória de Hellboy!
Estas revistas podem ser encontradas em qualquer loja da especialidade em Portugal, isto para quem não queira importar.
E já agora, embora não seja notícia nova, é de referir que o primeiro volume As Incríveis Aventuras de Dog Mendonça e Pizzaboy vai ser editado no mercado norte-americano em formato comics brevemente, e quem sabe mais tarde não será a vez de um TPB. Esta parte do TPB é minha, não tem nada de informação oficial ou oficiosa... é apenas um pensamento positivo!

Boas leituras
Deixa o teu comentário

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Ilustração: Druuna (Serpieri)


Continuando o ciclo Druuna, fica esta ilustração do artbook X, em que Serpieri conta algo sobre a origem física da personagem. Está em castelhano mas percebe-se bem!
Este mês irão ter toda esta obra de Serpieri aqui no Leituras de BD.
:D

Boas Leituras
Deixa o teu comentário

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Ilustração: Druuna X2 (Serpieri)


Com este post vou dar início a um ciclo de Druuna. Serpieri é um grande artista e apesar de não serem livros para todas as idades, sobretudo os artbooks X e X2, merecem toda a atenção. Mulheres voluptuosas, homens com atributos de fazer corar artistas de cinema porno, aberrações, paisagens apocalípticas, cenários estrondosos, arquitectura sem regras... enfim, tudo o que uma mente louca pode imaginar, e ter a arte de a passr para o papel. E que arte! O corpo humano não tem segredos para Serpieri, seja em que posição for!
Uma das coisas que faz com que eu o coloque no pedestal dos melhores artistas de BD do mundo é a atenção que ele dá a cada vinheta. Serpieri trabalha cada vinheta como se de uma ilustração fosse, com este detalhe cada página é um delírio visual.
Infelizmente apenas três dos livros da série estão traduzidos em português, dois pela Meribérica e um pela Norma, e infelizmente também os dois principais artbooks (X e X2) são bastante dificeis de obter, sobretudo o X2 da editora Heavy Metal que atinge preços estrondosos para um livro do género.
O meu primeiro post sobre esta personagem foi em 2008, e se quiserem saber mais algumas informações sobre a série cliquem neste link: Druuna
As imagens deste post são do livro X2, infelizmente não posso pôr as melhores senão alguma alma mais casta faria com que este blog ficasse "apenas para adultos", o que também não me interessa!
Ficam as imagens de quem desenha e pinta "à unha".
O próximo post será o terceiro livro da colecção: Creatura
(Isto porque se clicarem no link atrás irão ter uma resenha dos dois primeiros volumes!)








Porque as próximas imagens podem ferir algumas susceptibilidades, apesar de serem das mais "leves" deste livro, aconselho a que menores ou leitores com códigos morais mais rígidos, não as vejam.


Because the next images can hurt some sensibilities, despite being the most "soft" in this book, I recommend that minors or readers with more rigid moral codes do not see them.






De notar, para quem estiver interessado nos artbooks Druuna X e Druuna X2, que são completamente não censurados, ao contrário dos livros da série onde Serpieri se auto-censurou, e onde a editora norte-americana Heavy Metal tenta por diversas vezes por balões nos "sítios certos"...

Boas leituras!
Deixa o teu comentário