quinta-feira, 20 de março de 2014

Comic Con Portugal: Entrevista


Devido à quantidade de interrogações sobre este evento decidi tentar uma entrevista com alguém da organização da Comic Con Portugal.
Como sabem, foi anunciada para Dezembro deste ano e houve muitas confusões iniciais à volta do evento.
As respostas foram enviadas por Ana Isabel Silva do departamento de marketing da Comic Con Portugal. Espero que esclareça pelo menos alguns pontos.


 __________________________________________________________________________________________


1 - A primeira pergunta que se impõe é saber quem está a organizar o evento Comic Con, visto estar a haver muitas confusões de pessoas que por um lado se pensaria estarem coladas ao evento, por outro a emissão de vários desmentidos.

Quem são os organizadores desta Comic Con?

A Comic Con Portugal está a ser organizada pela CITY – Conventions In The Yard (http://conventionsintheyard.com/).

A CITY - Conventions In The Yard dedica-se exclusivamente ao desenvolvimento e organização de mega eventos, sendo que, neste momento, a empresa foca-se em exclusivo na organização da primeira COMIC CON PORTUGAL.



2 - Qual a vossa história e cultura organizativa em eventos deste género?

A CITY nasceu da paixão que os seus órgãos sociais nutrem pela cultura Pop, nomeadamente em relação ao universo Comic Con.

A união dos órgãos sociais da CITY, através da constituição desta sociedade, permitiu a multidisciplinariedade de competências necessárias e imprescindíveis ao desenvolvimento deste arrojado projecto.

Os RH da CITY são experientes e tecnicamente competentes nas suas áreas, respectivamente, sendo que destaca-se a experiência do Departamento Operacional e do Departamento de Agenciamento de Artistas onde, com 15 anos de experiência em gestão e promoção de eventos (nacionais e internacionais), trabalharam com clientes como: UEFA EVENTS SA, Venetian Macao Resort Casino, Budapest Sziget Festival, Bahrain F1, Edinburgh Fringe Festival.



3 - Existe ligação entre este vosso evento e a famosa marca Comic-Con norte-americana?

Muito agradecemos a colocação desta questão, pelo facto de ser um tema que tem vindo a ser abordado de forma especulativa por algumas pessoas em blogs e redes sociais.

Como sabem, a Comic-Con International de San Diego, para além do evento em questão (em San Diego), é responsável por “apenas” mais dois eventos (ambos em território americano): o WonderCon e APE – Alternate Press Expo e não tem qualquer afiliação com as outras organizações no resto do mundo, nomeadamente a Comic Con France, MCM London Comic Con, entre muitas outras.

Assim, A COMIC CON PORTUGAL, não tem qualquer relação com outras entidades e é integralmente organizada pela CITY – Conventions In The Yard.



4 - Alguns eventos brasileiros também provocaram confusão, como a Comic Con Brasil, exactamente pelas mesmas razões. Acham que retirar o hífen originário do Comic-Con (EUA) basta para fazer a diferença? Há quem diga que isso pode ser publicidade enganosa, podendo o público fazer uma ligação imediata do nome das grandes convenções norte-americanas para esta portuguesa, não sendo depois a mesma coisa.

Tal como já referimos, na resposta à questão anterior, existem inúmeros (grandes) eventos “Comic Con” no Mundo. O evento com maior notoriedade é claramente em San Diego, mas existem muitas outras que adoptam o seu conceito temático do evento, com a sua própria denominação (de país, para país, de entidade organizadora, para entidade organizadora).

Como mencionámos, a génese deste evento esteve e está na paixão dos promotores pela temática inerente ao mesmo. A missão a que nos propomos é possibilitar aos aficionados (e não só) a experiência do conceito “Comic Con”, em território português e, mais esclarecemos, que o fazemos de forma séria (na gestão das expectativas) e ética (comercial e juridicamente).



5 - Em que moldes irá ser feita esta Comic Con?

A Comic Con Portugal seguirá os mesmos moldes dos eventos de renome internacional, evidenciado os nomes internacionais (dentro de cada área) reconhecidos do público, mas também reforçando e promovendo o mercado nacional.



6 - Toda a gente que conhece as famosas convenções de Comics sabe que são eventos de grande orçamento. Estão a pensar trazer artistas internacionais dos Comics e cinema a Portugal?

Efectivamente, neste momento, estamos em negociações avançadas com os representantes de grandes nomes nacionais e internacionais. Para já, como será de fácil compreensão, não devemos (nem podemos) revelar mais pormenores sobre os nomes em questão.



7 – Sabendo que o mês de Dezembro é um mês complicado (Natal e Ano Novo) em que as pessoas se movem para todo o lado, e claro com gastos acrescidos nos seus orçamentos familiares, acham que este mês foi uma boa escolha?

Para os entusiastas, como nós, uma Comic Con é um evento de experiências e Dezembro é, reconhecidamente, um mês de emoções, pelo que pensamos ter sido uma óptima escolha.

Por outro lado, é o momento para a divulgação das principais novidades para 2015, em termos de cinema e televisão, existindo grandes filmes a estrear nessa altura, como Hunger Games, Star Wars: Episode VII, entre outros…



8 – Qual foi a razão de o Porto (Matosinhos) ser o local escolhido para o evento?

Preocupamo-nos em escolher um espaço de grande dignidade, dimensão e notoriedade (nacional e internacional), com boas acessibilidades e demais infra-estruturas necessárias a um evento destas dimensões.

A EXPONOR reúne todas as condições pretendidas e detém uma reputação de grande solidez.

Por fim, a proximidade à Galiza, ao Aeroporto Francisco Sá Carneiro (e aos voos Low-Cost), também foram determinantes.



9 – Qual o movimento de público, ou nº de entradas, que estarão à espera para este evento?

Para o primeiro evento, estimamos receber entre 15 mil a 20 mil visitantes.



10 – Outra coisa que tem interrogado muita gente é o preço dos bilhetes. Já têm uma ideia de mais ou menos quanto poderá custar uma entrada?

O PVP dos bilhetes será anunciado dentro dos próximos meses, bem como, os locais de aquisição.



11 – Por quantos dias a Comic Con estará acessível para visitar?

Apesar da maioria das convenções decorrerem durante 4 dias, em Portugal o evento terá a duração de 3 dias: 5, 6 e 7 de Dezembro.



12 – Sendo um evento de cultura Pop focado em Comics, para além da BD, o que é podemos esperar ver neste evento (para além do Cosplay).

O evento contará com exibição de materiais inéditos, lançamentos, exposições, concurso de Cosplay, entre outras atracções que serão anunciadas nos próximos meses.

Teremos um programa principal, que irá decorrer no auditório principal, e existirão vários programas dentro de cada um dos temas, além de diversas atividades a decorrer no local.



13 – Relativamente a autores portugueses. Estes também serão convidados para expor trabalhos ou dar autógrafos?

Sim, em Portugal temos grandes artistas, ilustradores. Além de apresentarmos as novidades internacionais, iremos evidenciar o que de melhor se faz no nosso país.



14 - O Cosplay por norma abunda nas Comic-Con dos EUA. Mas por norma é muito focado nas personagens dos Comics e cinema. Aqui em Portugal a maioria dos eventos em que o Cosplay surge em força é baseado em Anime e Manga. Como vão conseguir convencer os(as) Cosplayers portuguesas a fazerem e vestirem-se como as personagens dos Comics?

Temos vindo a demonstrar aos nossos seguidores na página facebook/comicconportugal várias convenções de diversos países e o que se tem feito em cada uma delas a nível de Cosplay. Iremos ter um concurso de Cosplay, com várias categorias, onde irá existir uma grande abertura para todos os potenciais participantes demonstrarem a sua criatividade.



15 – Li sobre este evento a seguinte frase: “Comic Con chega pela primeira vez a Portugal”

Como é sabido os termos e designações deste tipo de eventos variam geograficamente. Em Portugal temos a designação “Festival” que não é mais que uma “convenção”, e temos alguns já com vários anos e uma excelente periodicidade e qualidade, como o Amadora BD, Festival de BD de Beja e o Anicomics. Qual a razão de terem usado esta frase? Em que é que o Comic Con Portugal vai diferir tanto dos outros festivais para dizerem que “… chega pela primeira vez a Portugal!”?

De facto, existem e existiram diversos eventos em Portugal, todos de grande qualidade no tema específico em que se focam, como a BD, e o Anime/Manga. No entanto, a “Comic Con” é um evento, pela sua dimensão e abrangência que ultrapassa a temática que esteve na sua origem (BD), tendo-se tornado num evento de cultura pop, onde o cinema, a televisão, os jogos, as app’s, RPG entre outros, ganharam uma dimensão considerável.

Entre o período em que “pensamos” a ideia de organizar a Comic Con Portugal e decidimos fazê-lo, investimos muito em informação, viajamos muito, visitamos muitas das demais convenções Comic Con, de modo a arquitectar um projecto com a dimensão e dinâmica que supere o expectável.

Tratou-se e trata-se de um processo de benchmarking, com base na parametrização, concepção e estruturação do conceito evento Comic Con.



16 – Existe alguma notícia, ou algum “leak”, que queiram deixar aqui no Leituras de BD?

Agradecendo a oportunidade, entendemos que ainda é cedo. Não queremos esgotar espectativas...

No entanto, fica a promessa que os seguidores do “Leituras BD” terão sempre informação privilegiada, no momento adequado.



17 – Resta-me agradecer a vossa disponibilidade, e perguntar se não querem deixar uma mensagem aos Leitores deste blogue!

Muito obrigado!

Em algum momento da nossa vida, todos nós tivemos contacto com a banda desenhada. Imaginamos, transformarmo-nos em Super Heróis ou identificamo-nos com os valores que alguns deles transmitem. A “Comic Con” cria consciência e interesse pela banda desenhada e pela sua evolução na Cultura Pop, transformando-se em jogos, séries de TV, filmes, vestuário, artistas que materializam os nossos ídolos, entre muitos outros temas. A Comic Con Portugal irá proporcionar trocas de experiências e convívios, garantindo aos seus visitantes, desde o primeiro evento, a sua participação na história da imortalização da cultura e arte popular aliada ao Comic. O nosso mote, para este primeiro ano, será envolver cada individuo no seu sonho íntimo e pessoal com a frase “I just want to be a superhero”.

Contamos com o vosso apoio!

Obrigado

Agradeço as respostas da organização do Comic Con Portugal, e ficaremos à espera de mais novidades sobre o assunto!
Deixo dois links onde poderão futuramente ver novidades sobre este evento:

http://www.comic-con-portugal.com/

https://www.facebook.com/comicconportugal

Boas leituras
Deixa o teu comentário

Enviar um comentário