sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Comic Con Portugal 2015



O fim de semana passado foi grande. Comic Con Portugal 2015 na Exponor a vibrar com 54.000 mil visitantes! As considerações que vou fazer deste evento são apenas na óptica de um visitante, não vou falar sobre a organização interna visto que isso são assuntos para debate interno.

Star Wars dominou muito deste evento, a estreia do filme assim o “obriga”. Um espaço comercial fervilhante, painéis com actores de cinema e séries TV, artistas presentes numa boa Artists Alley, autógrafos de autores de BD, e muita muita diversão.

Havia duas coisas de que eu tinha muita curiosidade de ver, visto que mergulham no meu imaginário adolescente: um Tie-Fighter em tamanho real, e o célebre DeLorean dos filmes “Regresso ao Futuro. E não fui defraudado! :)

Relativamente ao ano passado houve algumas mudanças. Achei este evento mais bem organizado, e apesar do público ser em número bem superior este ano, achei que mesmo assim se circulava melhor, isto embora o Sábado ter sido asfixiante. Mas o ano passado já assim o tinha sido com menos pessoas.

Penso que estavam mais lojas presentes este ano, o que diz bem da perfuração comercial do evento desde o ano passado, infelizmente para mim que não fiz compras no Sábado para não andar carregado, no Domingo não consegui comprar quase nada do que queria… As lojas estavam muito apelativas, muitas delas com figuras bem grandes alusivas a elementos da cultura pop, o que convidava a abrir a carteira.

O Cosplay estava muito bom, com figuras super simpáticas, nunca fazendo má cara e mostrando o seu sorriso para a câmara dos visitantes, aliás, fiquei fascinado por alguns cosplayers tal era a qualidade do seu trabalho nos fatos e respectiva maquilhagem. E claro, a 501st Legion (personagens Star Wars) deu um grande colorido ao evento.

No que respeita à BD acho que o evento esteve bem relativamente a autores. Pode-se dizer que poderiam vir outros, ok, é verdade. Mas penso que o evento está a melhorar e espero que a cada edição tenhamos mais artistas e nomes ainda mais sonantes!
Quanto aos autógrafos, o local mudou (agora estavam mais junto às lojas) e a filas já foram “mais apelativas” para todos os que queriam um autógrafo desenhado.


De notar que este ano a exposição de trabalhos de BD e ilustração estava também bastante melhor que no ano passado. Muitos mais trabalhos presentes, e também melhor expostos. Embora as exposições não estivessem nada do outro mundo, não teve comparação com o ano passado. Espero que todos os anos melhore cada vez, e que chegue a altura de termos exposições temáticas com um bom nível cénico.

A parte alimentar funcionou perfeitamente, não havendo as fragilidades do ano passado, era situação que preocupava muita gente, e com razão.


Como pontos menos bons e percalços deste evento tivemos a desistência quase à última hora de Jason Momoa devido a constrangimentos com filmagens, a mudança de horário do painel Teen Wolf (pelas mesmas razões e “enfurecendo” uma legião de fãs), o barulho na zona dos painéis de BD que por vezes tornavam complicado ouvir o que os artistas tinham para dizer.

Relativamente às queixas na demora de entrada… get real… é assim em todos os eventos desta dimensão. Gostava de saber se também fazem essas queixas quando fazem directas numa fila para comprar bilhetes para os “One Direction” e depois acampam em fila para entrar, dormindo a noite na rua… Assim como os artistas do cinema e da TV cobrarem para tirar fotos e autógrafos… é assim que é em todas as convenções deste género. A organização não tem culpa disso.

Agora já não achei bem que algumas que pessoas com crianças pequenas tivessem ficado em filas com espera de mais de uma hora. Sei que a organização tinha dado ordens para que essas pessoas tivessem entrada mais célere, mas pelos vistos alguns colaboradores não perceberam… . Bom, isto foram queixas que ouvi mas eu não estava lá para assistir, mas também não tenho razões para duvidar das pessoas que desabafaram isto comigo… Isto são pontos a melhorar decididamente.

Em relação à BD acho que houve coisas que fizeram divergir o público para outros lados. Acho que ficou um pouco escondida, embora estivessem lá bastantes (e bons) expositores/stands com muito (e bom) material para venda. Acho que falhou ali algo que eu ainda não percebi bem o quê… não sei se foi o local, ou se foi barulho que rodeava os painéis. Mas penso que os responsáveis dos stands saberão melhor que eu.

De resto… diversão diversão diversão! :)

Foi também um fim-de-semana especial para mim, visto que de algum modo participei neste mega evento da cultura pop em Portugal. Foi a entrega dos Galardões BD Comic Con, e três painéis de BD: André Oliveira, André Caetano e Daniel Henriques, depois Javier Pulido e Carlos Pacheco e finalmente Peter Snejbjerg. Nunca tinha moderado painel nenhum, e fui estrear-me logo num evento destes. Espero que tenho corrido bem…

Penso que existem pouco eventos desta dimensão em Portugal, aliás, não estou a ver nenhum, exceptuando concertos de música e jogos de futebol. Parabéns à organização por ter apostado nisto "oferecendo" a Portugal este super evento!

E agora fiquem com as fotos! Já sabem, para ver maior basta clicar em cima delas.

Área Comercial

FNAC



Dr. Kartoon

Kingpin Books

Goody

G.Floy

Levoir

                                                                    Polvo







Exposições de BD e Ilustração









Artists Alley





André Coelho



Zona de Vídeojogos e Star Wars

















Artistas e autógrafos

Carlos Pacheco

Mesa de autógrafos e André Caetano

Carlos Pedro e Peter Snejbjerg

André Oliveira e David Soares

Nuno Duarte e Ricardo Venâncio

Garantidamente não é o Duarte Neves...

Javier Pulido, Nuno Amado e Carlos Pacheco

Peter Snejbjerg e Nuno Amado


DeLorean (Regresso ao Futuro)













Galardões GB Comic Con



Área de cinema e área de maquilhagem




Cosplay

















501st Legion









Boas leituras e até para o ano!



Deixa o teu comentário

Enviar um comentário