sábado, 29 de abril de 2017

Pétalas



Pétalas foi um dos três lançamentos da Kingpin Books no último Anicomics. Inicialmente publicado no Brasil em Agosto de 2015 numa coedição entre a Jupati Books (Marsupial Editora) e a Tambor Quadrinhos após um crowdfunding de um sucesso estrondoso. Eram pedidos 5 mil Reais no site de financiamento e atingiu este valor em 24 horas. A soma atingiu mais de 50 mil Reais!

Gustavo Borges, que tem pouco mais de 20 anos, iniciou o trabalho como desenhador no seu Webcomic "A Entediante Vida de Morte Crens", publicando um pouco mais tarde "Edgar e a Energia dos Ventos". Pétalas penso que será o seu terceiro trabalho, com parceria de Cris Peter nas cores.

A narrativa deste livro é lindíssima numa estrutura simples em que o leitor nem se dá conta da falta dos balões e falas das personagens. Aqui funcionou a mestria de Gustavo Borges em contar uma história em que apenas a sequência visual é apresentada ao leitor. Não é fácil mas foi plenamente conseguido.

O livro foi colorido pela Cris Peter, jovem brasileira que já trabalhou tanto para a Marvel como para a DC Comics, é já uma colorista consagrada sendo a primeira brasileira a ser nomeada para um prémio Eisner relativo aos seus trabalhos "Casanova: Avaritia" e "Casanova: Gula", de Matt Fraction, com desenhos dos também conhecidos brasileiros Gabriel Bá e Fábio Moon.

Este é um livro generoso de sentimentos, envolvido por muita doçura. As personagens principais são uma pequena raposa e um estranho pássaro que irão interagir no espaço de um duro Inverno.
E é num Inverno duro que estas personagens nos vão demonstrar o que é a partilha, altruísmo, nobreza, amor,  e empatia.

A expressividade dos desenhos do Gustavo foi exponenciada pela envolvência criada pelas cores de Cris Peter que fazem transacções perfeitas entre os vários espaços onde decorre este Pétalas.

Um livro para toda a família, e já agora leiam mais que uma vez, porque num livro sem balões há a tendência para o leitor folhear depressa demais tomando atenção apenas à página, quando a história está nos quadradinhos.

Uma bela edição em capa dura da Kingpin Books!




Boas leituras


Deixa o teu comentário

Enviar um comentário