quinta-feira, 25 de maio de 2017

Lançamento Polvo:
- Lugar Maldito
- Mensur



A editora Polvo vai lançar no Festival de BD de Beja estes dois livros, Lugar Maldito dos portugueses André Oliveira e João Sequeira, assim como Mensur do brasileiro Rafael Coutinho.

Segue a nota de imprensa desta editora:

Lugar Maldito

Nunca vos contaram do rapaz de carvão?
Tantas, tantas histórias…
Daquelas que escapam ao entendimento e flutuam na memória, às vezes durante toda uma vida.
Samuel e Maria estão em fuga. De tudo, de todos e até de si próprios. Assombrados pelo amor proibido que é o seu, decidem refugiar-se no sítio mais improvável: uma casa antiga, situada numa clareira de silêncios e caretos vigilante.
Entre o pó do carvão, inundada pelo cheiro a sangue e a cinzas, nada vai ser como dantes.
“Lugar Maldito” é uma BD de terror à portuguesa, passada no Alto Douro. Porque os demónios, é sabido, também lá moram.


OS AUTORES

ANDRÉ OLIVEIRA. Lisboa, 1982. Licenciado em Design de Comunicação, é hoje copywriter e escritor. Co-editou a antologia de banda desenhada “Zona” e foi comissário da “Trienal Movimento Desenho, 2012”, tendo organizado o evento “BD ao Forte”. Editou curtas de banda desenhada na revista CAIS, de 2012 a 2016, e fez parte do colectivoTheLisbonStudio. Escreveu os livros de BD “Há Sempre um Eléctrico que Espera por Mim” (com Maria João Careto, Bedeteca de Beja), “Hawk”(com Osvaldo Medina, KingpinBooks), “Casulo” (com vários autores, KingpinBooks), “Vil – A Tragédia de Diogo Alves (com Xico Santos, KingpinBooks), “O Incrível Tarantantan de Balbino o Esfutricador”(com Pedro Carvalho, KingpinBooks), “Tiras do Baralho!” (com Pedro Carvalho, El Pep), “Volta - O Segredo do Vale das Sombras”(com André Caetano, Polvo), “Tormenta”(com João Sequeira, Polvo), “Milagreiro”(com André Caetano, Filipe Andrade, Nuno Plati, Ricardo Cabral, Ricardo Tércio, Ricardo Drumond e Jorge Coelho, Polvo), os cinco primeiros números da série “LivingWill” (com Joana Afonso e Pedro Serpa, Ave Rara) e o primeiro da série “Gentleman” (com Ricardo Reis, Ave Rara). Ao longo do seu percurso, tem contado com várias exposições e prémios, entre os quais o Prémio Nacional de BD de “Melhor Argumento para Álbum Português”com “Hawk” (2014) e “Volta – O Segredo do Vale das Sombras” (2015).


JOÃO SEQUEIRA. Portalegre, 1971. Licenciado em Arquitectura(1995). Frequentou os cursos de Desenho na SNBA, Desenho e Pintura no atelierArte Ilimitada, Banda Desenhada no CITEN e Design de Animação e Multimédia na ESTG-Portalegre. Faz BD desde 1994, tendo participado nos fanzines Alçapão, Gambuzine, Tertúlia BDzine e Efeméride. Ao longo dos anos, participou em diversas exposições individuais e colectivas com trabalhos de desenho e banda desenhada. Em 2005, publica o álbum “Metamorfina”(texto de Miguel Mocho e edição Bedeteca de Lisboa); em 2012, “Psicose” (texto de Miguel Costa Ferreira e edição da El Pep); em 2014, “F(r)icções“ (texto de Nuno Duarte e edição da El Pep) e, em 2015, “Tormenta”(texto de André Oliveira e edição da Polvo). Em 2010, ganha o 1º prémio (escalão A+) no festival de BD da Amadora com a BD “República” e em 2011o 1º prémio (escalão B) no festival Moura BD com a BD “Movimento perpétuo”, ambas com texto de Miguel Costa Ferreira. Em 2016, conquista o Prémio Nacional de BD de “Melhor Desenho para Álbum Português” com “Tormenta” e o mesmo álbum garante-lhe uma nomeação para o Galardão de Excelência na Ilustração da ComicCon Portugal.


FICHA TÉCNICA
Lugar Maldito
Argumento: André Oliveira
Desenhos: João Sequeira
96 pág., p/b, cartonado
25 x 17,5 cm, €12,90 (IVA inc.)
ISBN 978-989-8513-64-9
Polvo, Junho 2017






Mensur



Um dos artistas mais talentosos da Banda Desenhada brasileira, Rafael Coutinho, está de regresso com este que é o seu mais ambicioso trabalho desde “Cachalote”, romance gráfico criado em parceria com o escritor Daniel Galera e já publicado pela Polvo.
Em “Mensur”, Coutinho conta a história de Gringo, um andarilho que percorre cidades brasileiras em busca de trabalhos pontuais. É um dos últimos praticantes de mensur, uma luta de espadas surgida entre estudantes universitários na Alemanha do século XV. Enquanto lida com os seus próprios fantasmas e obsessões, um caso amoroso pode colocá-lo em rota de conflito com o seu passado e com segredos que jamais deveriam vir à tona.
Um dos mais originais e impressionantes trabalhos da BD brasileira, “Mensur” é uma saga pessoal e um épico íntimo da busca por um lugar e, sobretudo, por algum tipo de paz.



O AUTOR

Rafael Coutinho apresenta-se como autor de Banda Desenhada, artista plástico e editor. Nascido em São Paulo em 1980, formou-se em Artes Plásticas pela Universidade de São Paulo (Unesp), em 2004. No seu país é conhecido pelo romance gráfico “Cachalote” (Quadrinhos na Cia., 2010; Polvo, 2014), “O Beijo Adolescente” 1, 2 e 3 (selo Cachalote, 2011, 2013 e 2015) e “As Aventuras do Barão de Munchausen” (Cosac Naify, 2014).



FICHA TÉCNICA

Mensur
Argumento e desenhos: Rafael Coutinho
204 pág., p/b, brochado com badanas
26,4 x 18,5 cm, €17,99 (IVA inc.)
ISBN 978-989-8513-67-0
Colecção: Romance Gráfico Brasileiro, nº 17
Polvo, Junho 2017







Boas Leituras e comprem um livro no Festival de BD de Beja



Deixa o teu comentário

Enviar um comentário